GCM registra pichação em muro de um homem de 72 anos

A pessoa que picha ou grafita qualquer edificação urbana comete crime ambiental, com pena de detenção que pode variar de três meses a um ano

 

Nesta sexta-feira (13) os guardas civis municipais inspetor Belo e o agente Petenucci registraram a um caso de pichação. O fato aconteceu na região do Jardim Brasil,  no muro da residência de um senhor de 72 anos,  que é cadeirante. 

Segundo informações prestadas pela vítima indivíduos picharam o local durante a noite e logo pela manhã ele acionou a GCM,  que devido sua deficiência o levou até a 2ª Central de Polícia Civil,  onde foi elaborado o Boletim de Ocorrência (BO).

Pichação é o ato de escrever, desenhar ou rabiscar sobre muros, fachadas de edificações, asfalto de ruas ou monumentos, usando tinta em spray aerossol, dificilmente removível, estêncil ou mesmo rolo de tinta. A pessoa que picha ou grafita qualquer edificação urbana, prática comum no país, comete crime ambiental, com pena de detenção que pode variar de três meses a um ano, além de multa.