GCM registra flagra caça ilegal e poda irregular

Os guardas localizaram uma gaiola com um pássaro da espécie conhecida como coleirinha, um alçapão e duas varetas com visgo (cola para prender as aves pelo pé) e flagraram poda drástica em duas árvores

 

Os guardas civis municipais inspetora Cintia e agente Jayme atenderam uma denúncia de caça ilegal em uma área de preservação ambiental na região do Jardim Itamarati. No local os guardas localizaram uma gaiola com um pássaro da espécie conhecida como coleirinha, um alçapão e duas varetas com visgo (cola artesanal para prender as aves pelo pé).

Embora esse tipo de caça usando visgo  seja necessária vigilância  por parte do caçador, já que o pássaro ao ficar “colado” na vareta pode se ferir, ninguém foi localizado. Provavelmente, o autor fugiu ao perceber a viatura da GCM e a ave foi levada ao Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres (Cempas) para ser avaliada e solta na natureza.

 

Poda irregular de árvore

Também os agentes municipais Giselle e Jayme registraram um caso de poda irregular de árvore, na Vila Antártica, atendendo a uma denúncia anônima ao telefone 199,  revelando que no local uma pessoa estaria realizando a poda drástica.

Os guardas identificaram o autor do crime ambiental que apresentou uma autorização da Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Porém a autorização era para tirar 20% de apenas uma árvore, mas foi detectado que duas delas haviam sido podadas. O caso foi encaminhado ao órgão competente para as providências cabíveis.