GCM flagra quinteto invadindo reservatório da Sabesp

Os guardas civis municipais Ronaldo e Vidotto compareceram no reservatório d’água de água da Sabesp, no Bairro Santa Maria I, onde segundo denúncia anônima realizada no telefone 199,  cinco indivíduos haviam invadido o local.

Os agentes detiveram os suspeitos e acionaram funcionários da estatal que fizeram verificação dentro do espaço e acesso restrito e nenhum dano foi constatado, somente o alambrado estava danificado. O fato foi apresentando no plantão policial e as partes orientadas e liberadas.

 

Mulheres atendidas

Agentes Giselle e Jayme compareceram no Residencial Convívio, onde uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel Urgência (Samu) solicitava apoio para poder realizar intervenção médica e conduzir uma mulher até o Pronto Socorro do Hospital das Clínicas (PSHC), da Unesp.  Com a chegada dos guardas e diante da verbalização do médico do Samu a mulher, que estava alterada acalmou e foi socorrida tranquilamente.

Também o inspetor Pichinin e agente Pedro atenderam a um caso na Cohab I, onde uma mulher de 32 anos estava totalmente alterada quebrando objetos da residência onde mora com a mãe, que desesperada solicitou a GCM através do telefone 199.  Os guardas acalmaram a situação e a mulher acabou tomando seus remédios prescritos pelo psiquiatra, sendo o caso resolvido, sem a necessidade de atendimento médico.

 

Conselho Tutelar

Acionados através do telefone 199, os guardas Giselle e Jayme comparecerem no Conselho Tutelar para garantir a segurança das conselheiras numa transferência de guarda provisória na Região da Vila Antártica.  Segundo consta no Boletim de Ocorrência (BO) a adolescente foi retirada da guarda da mãe e deixada aos cuidados do pai,  provisoriamente.

 

Desinteligência no Bairro Alto

Agentes do Grupo de Ações Preventivas Especiais (Gape) Nogueira, Vaz e Lourenço atenderam a um caso de desinteligência na Região do Bairro onde havia um casal brigando, porém com a chegada dos guardas tanto a mulher quanto seu companheiro informaram de que houve uma discussão bem acalorada, mas não desejavam registrar nenhum boletim junto à Polícia Civil.

 

Homem em rodovia

Inspetor Paes e o guarda Zambonato compareceram à Rodovia Domingues Sartori onde  um homem morador de Agudos estaria necessitando de ajuda.  Os guardas acabaram descobrindo que o filho dele estava internado no HC da Unesp e num primeiro momento o cidadão não quis retornar até ao hospital e depois acabou aceitando ajuda. Ressaltou que estava muito nervoso e resolveu sair andando pela rodovia até a chegada da GCM.