Fotógrafos de Botucatu fazem evento para ajudar instituição da cidade

fotos-noturnas (4)

A fotografia sofreu uma transformação muito grande nos últimos anos. Com a chegadas de novas tecnologias que substituíram os antigos filmes a as revelações, muitas pessoas se aventuraram para o mundo de registrar os mais diversos momentos com câmeras fotográficas digitais. Desde as mais simples, até as mais sofisticadas, chamadas de profissionais. Alguns se aventuraram em trabalhos profissionais, outros porém, usam as câmeras como hobby.

Apesar do acesso ao equipamento ter se tornado mais fácil, manuseá-lo não é tão simples assim. Quem quer tirar uma boa foto precisa, no mínimo, ter algumas noções de como dominar o equipamento e, também, as técnicas básicas da fotografia, como abertura de diafragma, tempo de exposição, etc.

gutoCom o objetivo de ajudar os apaixonados pela fotografia, um grupo de fotógrafos de Botucatu, encabeçados por Guto Hilst, idealizou um projeto para ensinar técnicas de fotos noturnas e, ao mesmo tempo, ajudar uma instituição filantrópica da cidade. O evento será no Sítio 3 Pedras, com saída da padaria Flor do Lageado às 21 horas do dia 08 de agosto.

“Conversando com alguns amigos e contando com a ajuda da querida Rachel Ferronato Cury, percebi a necessidade de ajudar de alguma forma a cidade que me acolheu com tanto carinho, por isso estarei montando um singelo workshop sobre fotografia noturna com o pouco que sei sobre o assunto. É necessário ter uma câmera DSLR, tripé e lanterna (se não tiver tripé dividiremos no dia o meu para que todos possam usar). Estarei passando conhecimento sobre como fazer foco em um local totalmente escuro, qual melhor configuração para seu equipamento, como conseguir melhores resultados, falar sobre ISO, tempo de exposição e abertura de diafragma e tirar todas as dúvidas que surgirem”, disse o organizador do evento, Guto Hilst.

fotos-noturnas (2)O valor cobrado será de R$ 100,00 e a renda será totalmente convertida em doações para o projeto Bem Te Vi, do Bairro Santa Maria, que está precisando de recursos para compra de instrumentos musicais. “A data será dia 08 de agosto, uma segunda-feira. Sairemos às 21:00, e voltaremos 24:00. Contarei com a presença de amigos fotógrafos que irão me ajudar na execução do workshop e passar um pouco da experiência a respeito”, completou.

É importante frisar que, além do valor da participação, será cobrada uma taxa de R$ 5,00 para entrada no sítio onde será feito o evento. A locomoção até o local é por conta do participante. Haverá um comboio para todos saírem juntos. É importante que cada participante leve uma lanterna. Guto contará com ajuda de fotógrafos de Botucatu e de fora da cidade para passar os conhecimentos aos interessados.

O pagamento deverá ser feito na hora e os interessados deverão mandar e-mail para gutohilst@gmail.com

PROGRAMA

fotos-noturnas (7)Identificar os equipamentos adequados à fotografia noturna; dominar técnicas de fotometria e longa exposição; como usar flash remoto ou lanterna para iluminação do ambiente

PRINCIPAIS CONTEÚDOS

1. Equipamento e técnicas para fotografia noturna;
2. Sensibilidade e equilíbrio de brancos, em fotografias à noite;
3. Enquadramento e focagem em ambientes de luminosidade muito baixa;
4. A utilização de tripé;
5. Longa exposição e reciprocidade; 6. Fotografia noturna em ambiente rural e urbano.

PRÉ-REQUISITOS

Ter noções básicas de fotografia. Ter uma câmera fotográfica digital que permita o completo controle manual da exposição, da focagem, da sensibilidade e da temperatura de cor, preferencialmente uma câmera DSLR. Aqueles que disponham de tripé e cabo/disparador remoto poderão usá-los (aconselhável, mas não obrigatório).