FMB é premiada em Congresso Paulista de Nefrologia

Há 52 anos a Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) vem consolidando sua posição na dianteira da inovação científica. Na semana passada, entre os dias 30 de setembro e 3 de outubro, a Instituição, por meio da disciplina de Nefrologia e Unidade de Diálise do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB), foi premiada no XVIII Congresso Paulista de Nefrologia, realizado em Atibaia.

Os trabalhos de Carlos Henrique Camargo, pesquisador do Instituto Adolfo Lutz, e Dayana Bittencourt, médica do serviço de nefrologia e mestranda da FMB, foram os dois primeiros colocados, respectivamente, do prêmio Massola. Este é conferido a cada dois anos pela Sociedade de Nefrologia do Estado de São Paulo (Sonesp) como incentivo à investigação do método de diálise peritoneal como terapia renal substitutiva e como homenagem a um importante nefrologista, o prof. Dr. Vicente César Massola.

Intitulados “Epidemiologia molecular de Staphylococcus spp. associados a peritonites em diálise peritoneal”, de Carlos Henrique Camargo, orientado pelo professor Pasqual Barretti, do Departamento de Clínica Médica da FMB, e “Diálise Peritoneal como opção de tratamento de início não planejado em pacientes incidentes em terapia renal substitutiva: resultados iniciais”, de Dayana Bittencourt, orientado pela professora Daniela Ponce, do Departamento de Clínica Médica da FMB, estes trabalhos foram reconhecidos como os mais importantes pela comissão científica do evento.

Premiado no Congresso, o trabalho “Alteplase vs Uroquinase no tratamento da oclusão trombótica de cateteres venosos centrais de longa permanência em pacientes em hemodiálise: estudo tipo ensaio clínico”, de Daniele Lopos Dionísio, enfermeira da Unidade de Diálise do HCFMB, ganhou o primeiro lugar na categoria de melhor tema livre de enfermagem. A orientação foi da professora Daniela Ponce e a pesquisa também contou com a participação de Viviane Pollo Pereira, Edwa Maria Bucuvic e João Henrique Castro.

O Congresso Paulista de Nefrologia abordou como temas principais os tópicos: diálise peritoneal e hemodiálise, doença renal crônica, enfermagem em nefrologia, equilíbrio hidroeletrolítico, glomerulopatias/patologia, hipertensão arterial, injúria renal aguda, nefrologia clínica, nefropediatria, nutrição, transplante renal e urologia para nefrologistas.