Fatec atesta que 73% dos usuários aprovam transporte coletivo

Uma recente pesquisa realizada pela Fatec/FAT – Fundação de Apoio ? Tecnologia do Centro Paula Souza, em abril de 2010, demonstra que 73% dos usuários do transporte coletivo em Botucatu aprovam o serviço prestado pela Auto Ônibus Botucatu (EAOB).

De acordo com dados dessa pesquisa, foram entrevistados 927 usuários, sendo 56% mulheres e 44% homens, com média de idade de 29 anos. Desse universo, 64,5% utilizam o transporte com frequência e o restante, 35,5%, utiliza apenas eventualmente. Outro dado é que 82,3% dos usuários entrevistados afirmam que conhecem os horários das linhas e 63% atestaram que esses horários são cumpridos.

Na opinião de 78% dos entrevistados, as mudanças implementadas, recentemente, pela Auto Ônibus Botucatu garantiram melhorias nos horários, nos itinerários e nas linhas que utilizam. A qualidade dos serviços prestados pelos motoristas e cobradores foi aprovada por 69% dos usuários, que consideraram atenção, capacidade e direção adequada.

Também detectado que 53,9% declararam que utilizam ou já utilizaram o sistema da integração que atinge todas as linhas na cidade. A limpeza dos veículos foi aprovada por 86% dos usuários e 63% declararam que, a nova frota, em circulação desde fevereiro deste ano, é mais confortável e mais bonita.

De acordo com o diretor da empresa, Henri de Oliveira Bento, a Auto Ônibus Botucatu busca, com essa pesquisa, detectar o índice de satisfação de seus clientes para o aprimoramento dos serviços, visando sempre a excelência no atendimento ? comunidade. Somam-se a essa ação as certificações conquistadas nas Normas ISO 9001 e 14001 que atestam o compromisso da Auto Ônibus com a qualidade e com o meio ambiente.

O diretor enfoca que o resultado da pesquisa gerou satisfação na empresa, mas adianta que irá dar uma atenção especial aos dados onde a empresa não esteja atendendo a população para que os problemas sejam resolvidos.

“Estamos satisfeitos com o resultado dessa pesquisa que foi feita por uma empresa idônea e de credibilidade comprovada, mas sabemos que temos que corrigir algumas falhas. Por isso, vamos examinar todo os pontos dessa pesquisa e detectar onde estamos falhando para que possamos melhorar sempre e cada vez mais. Esse é o propósito da empresa”, colocou Henri Bento.

Foto: Fernando Ribeiro