Ex-aluno é eleito diretor de sociedade internacional

Desde que foi fundada, a Sociedade Internacional de Ressonância Cardiovascular (SCMR) nunca teve um especialista de fora dos Estados Unidos ou Europa como um dos diretores da entidade. Este cenário foi modificado em dezembro de 2012, quando o Professor Carlos Eduardo Rochitte, ex-aluno da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp e coordenador Acadêmico e de Desenvolvimento em Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética Cardiovasculares do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, foi eleito por meio de voto direto.

Participaram das eleições os membros da SCMR de todo o mundo. Cabe aos diretores fazer a gestão de todas as atividades da entidade, inclusive financeira. Professor Rochitte tem como meta trazer ao país um congresso da SCMR, com capacidade para 2 mil especialistas, brasileiros e estrangeiros.

{n}Carlos Eduardo Rochitte{/n}

Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP, 1990), residência de Clinica Médica e Cardiologia no Instituto do Coração (InCor), com doutorado(2001) e Livre Docência (2005) pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Realizou Post-doc Fellowship em Cardiologia com especialização em Ressonância Magnética Cardiovascular na Johns Hopkins University, Baltimore, USA (1995-1999).

É médico e Professor Livre Docente do setor de ressonância magnética e tomografia computadorizada cardiovascular do Instituto do Coração (InCor)-FMUSP, Vice-coordenador do estágio de longa duração (pós-graduação lato sensu) de ressonância e tomografia cardiovascular do InCor-FMUSP e Professor colaborador do Departamento de Cardiopneumologia da FMUSP.

Atualmente é Editor Associado do Arquivos Brasileiros de Cardiologia, do Corpo Editorial do Journal of the American College of Cardiology e do Journal of the Society for Cardiovascular Magnetic Resonance (JCMR).(com informações do Jornal da Fundação da FMUSP)