Ex-aluno assume Sociedade Brasileira de Neurofisiologia

Foto: Divulgação

Durante o XXIV Congresso Brasileiro de Neurofisiologia Clínica, realizado no Rio de Janeiro, de 4 a 6 de setembro, o ex-aluno da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) Paulo André Teixeira Kimaid foi eleito por unanimidade presidente da Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica, o maior Departamento Científico da Academia Brasileira de Neurologia. Paulo André formou-se em 1993 e cursou residência em Neurologia e em Eletroneuromiografia, ambas também pela FMB.

Desde a graduação, o então aluno já demonstrava grande interesse pela ciência. No terceiro ano, apresentou 5 trabalhos em congressos, sendo um deles, sobre hiperekplexia (síndrome do sobressalto), desenvolvido com o professor do Departamento de Neurologia da FMB/Unesp Ronaldo Fonseca. O estudo alcançou grande repercussão na época.

Como médico residente já tinha vários trabalhos publicados, com várias citações. Em 1999, concluiu mestrado como bolsista da Fundação de Âmparo ? Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) na Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP-Unicamp), orientado pelo Prof. Luiz Antônio de Lima Resende, da Disciplina de Neurologia da FMB/Unesp.

Paulo André cursou seu doutorado na Unicamp, concluído em 2004. Trabalhando naquela universidade, desenvolveu as inovadoras técnicas de eletromiografia laríngea, que o tornaram conhecido em todo o mundo. É autoridade nacional nas técnicas eletromiográficas de monitorização intraoperatória.

Presidiu congresso latino-americano em Punta del Este (Uruguai) e por seus trabalhos de eletromiografia laríngea, é o principal convidado latino-americano para palestrar no próximo Congresso Mundial de Neurofisiologia, que será realizado em Berlim, Alemanha, de 18 a 22 de março de 2014.

“Parabéns ? FMB por mais um brilhante ex-aluno, parabéns ao Departamento de Neurologia, Psicologia e Psiquiatria, e ao Dr. Paulo André, por atingirem padrão internacional de qualidade”, destaca professor Luiz Antônio, que orientou Paulo André no mestrado.

Fonte:
Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB/Unesp