Estação ferroviária teve teto derrubado por trem de carga

Danos ao patrimônio histórico. Assim foi atribuído o acidente ocorrido na tarde desta quinta-feira (23) na antiga estação da Ferrovia Paulista Sociedade Anônima (FEPASA), que foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (CONDEPHAAT), de São Paulo. A malha ferroviária está sendo explorada pela América Latina Logística (ALL).

Tudo aconteceu quando uma composição de trem com oito vagões carregados com trilhos e dormentes atingiu dois pilares da estação que seriam usados para o reparo da ferrovia, fazendo com que o teto desabasse. O trem vinha de Bauru e seguia rumo a Mairinque. Embora os danos tenham sido consideráveis, ninguém se feriu.

O professor e historiador João Carlos Figueroa esteve no local e definiu o acidente como um desastre histórico e as obras referentes ? revitalização irão custar R$ 600 mil para recuperar as partes atingidas. A Prefeitura de Botucatu irá cobrar os danos causados pelo acidente ? ALL, que, em nota, informou que foi aberta uma sindicância para apurar o que aconteceu.