Encontro de Carros Antigos recebe um grande público

Aconteceu nesse final de semana (15 e 16 de junho) na Rodovia Marechal Rondon, km 253, sentido interior/capital, na antiga fábrica Brashidro, ao lado do Ciesp e em frente a Caio, o encontro dos maiores colecionadores do Brasil que se confraternizaram no VIII Encontro de Veículos Antigos de Botucatu. A entrada foi franca, mas muitos visitantes contribuíram com entidades carentes do município doando um quilo de alimento não perecível ou uma caixa de leite.

Com realização da Associação de Veículos Antigos de Botucatu (AVAB), o evento teve ampla área coberta para exposição, área de alimentação, feira de artesanato regional, recreação diversificada para crianças, café da manhã e brindes para os expositores.

Satisfeito com a receptividade, Marcelo Michelin, que é o presidente da AVAB, conta que a finalidade do evento foi a exposição de veículos com mais de 60 anos de fabricação em bom estado de conservação, como Fusca, Opala, Brasília, Mercedes, Ford, Chevrolet, entre muitos outros automóveis com suas peças originais.

Carros sobreviveram ao tempo e seus proprietários os mantiveram em perfeito estado de conservação. Por isso, o valor de cada modelo é sentimental e só sai da garagem em ocasiões especiais. Ninguém veio expor veículo para vender e sim para trocar experiências e foram raros os casos de carros vendidos ou permutados. “Só quem aprecia carros antigos pode saber o valor que a gente dá para essas relíquias”, frisou Michelin.