Embraer vendeu nove jatos comerciais no terceiro trimestre de 2016

 

A nova família de E-Jets da Embraer
A nova família de E-Jets da Embraer

A Embraer registrou a venda de nove jatos comerciais por quatro clientes diferentes entre julho e setembro deste ano. A United Airlines encomendou um E-175 e a Japan Airlines, um E190. A chinesa Colorful Ghizhou fechou negócio com dois E190 que serão entregues no ano que vem. A maior novidade da lista, no entanto, é a companhia indonésia Kalstar que assinou contrato para cinco unidades do E190-E2, de nova geração. O negócio foi anunciado na Feira de Farnborough, em julho.

No último trimestre, a fabricante entregou 29 jatos, oito a mais que no mesmo período de 2015. Foram 24 jatos E175 (11 para a Skywest, seis para a United, seis para a American e um para a KLM), quatro E190 (dois para a Colorful Ghizou, um para a JAL e um para a JAG, especializada em leasing) além de um E190 para a chinesa Hainan Airlines.

Apesar das vendas, o volume de negócios da Embraer no setor caiu: o total de encomendas firmes atualmente é de US$ 21,4 bilhões, uma redução de cerca de US$ 500 milhões em relação ao primeiro trimestre deste ano. São 479 aeronaves vendidas, sendo três E170, 130 E175, 59 E190, 15 E195, 100 E175-E2, 90 E195-E2 e 82 E190-E2.

Fonte: AIRWAY