Dever do cidadão é tema de palestra na FMVZ/Unesp‏

O Programa de Formação de Valores, implantado pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), apresenta, no dia 08 de setembro, terça-feira, a partir das 18h30, na Casa da Arte, a palestra “Dever do Cidadão”, ministrada pelo professor Luiz Cláudio Di Stasi (foto), do Departamento de Farmacologia do Instituto de Biociências da Unesp, câmpus de Botucatu.

Di Stasi é graduado em Ciências Biológicas pela Unesp e possui mestrado em Farmacologia pela Universidade Federal de São Paulo, doutorado em Química pela Unesp e pós-doutorado em Farmacologia do Trato Gastrointestinal pela Universidad de Granada, da Espanha.

Atualmente coordena o Laboratório Multiusuários de Fitomedicamentos, Farmacologia e Biotecnologia (FitoFarmaTec) do Instituto de Biociências da Unesp. Tem experiência na área de Farmacologia de Plantas Medicinais e fitomedicamentos, com ênfase em Farmacologia da Doença Inflamatória Intestinal, desenvolvendo pesquisas principalmente com plantas medicinais e princípios ativos de espécies vegetais da flora brasileira. Nos últimos anos tem desenvolvido pesquisas associadas ao setor produtivo, com ênfase na padronização e produção de fitocosméticos.

A palestra “Dever do Cidadão” é aberta a toda a população e também integra a programação da disciplina optativa “Valores para a Vida”, oferecida aos estudantes de graduação da FMVZ e demais unidades da Unesp. A disciplina promove encontros mensais abordando temas voltados para a valorização do lado humano dos indivíduos, com mudanças de postura e conduta. Além de contar créditos para os inscritos na disciplina, as atividades vão fornecer certificados para docentes e servidores técnico-administrativos da FMVZ e das demais unidades da Unesp que queiram participar. 

Nos próximos meses serão abordados os temas: altruísmo (13 de outubro) e justiça (10 de novembro). A intenção do Programa de Formação de Valores é promover a reflexão sobre os assuntos abordados não apenas no âmbito da disciplina “Valores para a vida”, mas nas atividades da comunidade acadêmica como um todo. A inciativa conta com o apoio da Vice-Diretoria da FMVZ, Seção Técnica de Desenvolvimento e Administração de Recursos Humanos, Comissão de Atividades Culturais e Grupo Interdisciplinar de Desenvolvimento (GID).