Conseg se reúne para debater sobre Segurança Pública

A partir das 19 horas desta terça-feira o Conselho de Segurança (Conseg) do Município de Botucatu se reúne no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Subsecção de Botucatu. Para esta primeira reunião do ano, o presidente Cláudio de Almeida Martins colocará em discussão vários temas, como aprovação da proposta do programa “Acidente Zero”; perturbação de sossego e animais de tração, maus tratos e trânsito.

“A reunião contará com a presença de pessoas especializadas nos temas a serem discutidos e é aberta a toda comunidade interessada”, comentou Cláudio Martins, lembrando que o Conseg é formado por pessoas do mesmo bairro ou município que se reúnem para discutir e analisar, planejar e acompanhar a solução de seus problemas comunitários de segurança, desenvolver campanhas educativas e estreitar laços de entendimento e cooperação entre as várias lideranças locais.

Clóvis Martins salienta que cada Conselho é uma entidade de apoio ? Polícia Estadual nas relações comunitárias e se vinculam, por adesão, ? s diretrizes emanadas da Secretaria de Segurança Pública. As reuniões ordinárias de cada Conselho são mensais, realizadas normalmente no período noturno, em imóveis de uso comunitário, segundo uma agenda definida por período anual.

São engajados no Conselho representantes dos poderes públicos, entidades associativas, clubes de serviço, imprensa, instituições religiosas ou de ensino, organizações de indústria, comércio ou prestação de serviços, bem como outros líderes comunitários que residem, trabalham ou estudam na área de circunscrição do Município.

“A participação comunitária é essencial na captação e operação de recursos, bem como para identificar as maiores necessidades e problemas nos bairros”, coloca Martins lembrando que o Conseg foi criado através do Decreto Estadual nº 23.455, de 10 de maio de 1985, e regulamentados pela Resolução SSP-37, de 10 de maio de 1985.