Concessionária se manifesta sobre “escada” em rodovia

Sobre as matérias publicadas em relação a “escada” construída no canteiro central na altura do km 252 da SP-300 Rodovia Marechal Rondon para travessias de pedestres em frente à empresa Caio a concessionária Rodovias Tietê revela “que esta é uma prática antiga, que acontece principalmente em horários de início e fim de expediente da empresa e o que a concessionária está realizando, neste momento, é a implantação da travessia melhorada e controlada, uma ação que visa aumentar a segurança de pedestres e motoristas”.

Também destaca que “a empresa primeiramente instalou três placas em cada sentido de direção alertando os motoristas sobre a travessia de pedestres, depois construiu a escada – eliminando o desconforto do barranco – e abriu as defensas metálicas neste ponto. Instalou mais 80 metros de defensa metálica na pista oeste – Botucatu/Bauru – para aumentar a segurança do pedestre que aguarda a travessia. Agora, a concessionária irá instalar  corrimão na escada, linhas de estímulo de redução de velocidade sobre as pistas e 600 metros de alambrado para coibir a travessia em outro ponto da rodovia”. 

Por fim diz que  “a sinalização disciplina a travessia e é comum em diversas rodovias do Estado. Os pedestres devem seguir as orientações e evitar a travessia em outros pontos.  Em paralelo à conclusão do projeto da travessia, a prefeitura de Botucatu deve instalar iluminação no local”.

Para a Polícia Militar Rodoviária a escada na pista foi feita de forma irregular e poderá acarretar risco de acidente, já que os carros passam por aquele trecho a uma velocidade de 80km/h e a concessionária deveria  construir uma passarela ou mesmo uma mureta de proteção.

 

Foto: Luiz Fernando