Capela é atacada pro atos de vandalismo

A capela de São Cristóvão, localizada no alto da serra botucatuense sofreu recentemente ações de vandalismo. Ela foi restaurada em março deste ano pelo poder público municipal, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento/Subsecretaria de Turismo, e a produção do quadro Dança da Galera, do programa Domingão do Faustão.

Durante visita mensal que a Subsecretaria de Turismo realiza no local foram encontradas as paredes e os santos queimados e muito lixo. Segundo a assessora de Turismo, Luciana Alho, mais de 100 pessoas visitam o local por fim de semana em Botucatu.

“É um ponto turístico da Cidade em que todo mês a Prefeitura de Botucatu realiza o trabalho de limpeza da capela e capinação do local. Porém, só isso não está bastando. Existem pessoas que vão lá simplesmente para destruir”, lamenta a assessora lembrando que o restauro contou o apoio da Copical Tintas, responsável pela doação das tintas para a pintura do local e da Murba Madeiras, que doou o material para a reforma do forro da capela.

“Agora o poder público terá que gastar com mais tinta e mão de obra para reparar os danos dos vândalos no local, um prejuízo de aproximadamente R$2 mil. Por isso, pedimos as pessoas que zelem pelo patrimônio e em qualquer situação suspeita de vandalismo acionem a Guarda Civil Municipal (GCM) pelo telefone 199”, informa.