Caminhada da Fé acontece na sexta-feira

Com previsão para ser iniciada na primeira hora da próxima sexta-feira (18) e encerrada por volta das 3h30, a 19ª Caminhada da Fé de Botucatu, deverá atrair milhares de fiéis. Evento religioso da comunidade católica já virou tradição na Cidade e terá coordenação do padre Orestes Gomes, da Paróquia Nossa Senhora Menina, da Vila Maria.

A concentração de fiéis acontece na Paróquia de São José de onde a multidão sairá para percorrer, aproximadamente, 11 quilômetros passando por diversas igrejas, rezando o terço, orando e cantando. “Nossa expectativa é que mais uma vez nossa caminhada seja um sucesso com participação maciça da comunidade católica de Botucatu e de outras cidades da região”, previu o padre Orestes.

Ao longo dos anos a caminhada foi sofrendo alterações. Nas suas primeiras edições visitava todas as igrejas da cidade, sem exceção, mas houve a necessidade de encurtar o trecho, em razão do cansaço dos fiéis, já que grande parte dos caminhantes é idosa. Com isso a caminhada deixou de passar pela parte alta da cidade, como Vila Antártica, Vila dos Lavradores e Vila Aparecida, cruzando o viaduto Bento Natel.

Os caminhantes deverão sair da Praça da Igreja São José indo até a Igreja Santa Terezinha, no Bairro do Lavapés. De lá segue para Conjunto Habitacional Humberto Popolo, na Cohab I, na Igreja São Pio X. Depois os fiéis se deslocam até o Bairro dos Comerciários, onde aportam na igreja do Santíssimo Sacramento e seguem para o Ginásio Municipal de Esportes, no Bairro Alto, onde dão uma parada para descansar antes de seguir para a igreja Menino Deus, ainda no Bairro Alto. De lá, comitiva católica vem direto ? Catedral Metropolitana de Botucatu, para o encerramento, onde fiéis receberam a benção do Arcebispo Dom Maurício Grotto de Camargo.

{n}Plínio Paganini{/n}

A Caminhada da Fé foi criada pelo radialista Plínio Paganini, um dos pioneiros a aderir a Renovação Carismática Católica em Botucatu e que fazia parte do Grupo de Oração da Igreja São José, onde as pessoas se reuniram para rezar o terço e cantar pelos menos uma vez por semana. Ao lado de Plínio na criação da Caminhada, esteve a irmã Anunciação, da Congregação das Servas do Senhor.