Botucatuense promoveu sua 26ª edição do Baile do Caribe

A diretoria Executiva da Associação Atlética Botucatuense (AAB) comemorou a 26ª edição do tradicional Baile do Caribe, realizado na noite de sábado para domingo (19 e 20). Das 23 ? s 4 horas, os presentes puderam desfrutar de três ambientes diferentes espalhados pelo clube.

Como houve uma determinação do juiz titular da 1ª Vara da Comarca e da Vara da Infância e Juventude, Josias Martins de Almeida Júnior, proibindo a entrada de menores de 18 anos ao clube, mesmo acompanhados dos pais, em cumprimento a Lei Federal 8.069/90 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a entrada para os sócios maiores foi franca.

No salão social a cantora Eliana de Lima interpretou os seus maiores sucessos. Na área externa das piscinas a animação ficou por conta da Seculu´s Banda Show. O Espaço Teen, ficou com a animação de três DJ´s.
Para o presidente da Associação, Carlos Bonaldo, o Carlão, o Baile do Caribe mostrou, mais uma vez, que é uma festa familiar e nenhum incidente mais grave foi registrado. “Foi uma festa muito bonita e tranquila e acredito que todos que aqui estiveram puderam se divertir, com os três ambientes diferentes que reservamos, com o intuito de agradar a todo mundo”, comentou Carlão.

Ele entende que se não houvesse essa lei que impossibilitou a entrada de menores, a festa seria ainda melhor e com maior quantidade de pessoas. “Temos que acatar esta decisão do juiz, que está cumprindo seu papel e não temos que discutir”, explicou Carlão. “A norma da AAB é acatar e cumprir o que determina a lei e desta vez não foi diferente. A decisão não foi do clube”, complementou o presidente da Veterana.

Fotos: Valéria Cuter