Botucatu terá cursos de auriculoterapia e danças terapêuticas

Ministrados pelo professor e terapeuta Rui Hamai, contando com apoio das psicólogas Eliete Trombini Sartori e Carolina Sasso Lacase e da terapeuta holística Márcia Penteado, da Clínica Crê Ser, Botucatu contará com os cursos de auriculoterapia no dia 13 de abril e danças circulares terapêuticas nos dias 11 e 12 de maio e 08 e 09 de junho.

De acordo com a psicóloga Eliete Trombini os cursos são direcionados aos profissionais das mais diversas áreas e depois de feitos poderão ser aplicados em casa. “A utilização (dos cursos) é fundamental para ampliar o autoconhecimento, troca de experiências e energia salutares e aumento do circuito de boas amizades”, frisa.

A psicóloga ressalta que essa é a oportunidade que a pessoa tem de adquirir novas capacidades técnicas e conhecimentos que mostra os melhores aspectos do ser humano, promovendo o equilíbrio e o bem-estar do outro. Lembra que as inscrições para ambos os cursos, assim como outras informações complementares poderão ser feitas na Clínica Cre-Ser na Rua Manuel da Silva, nº 269, Vila Carmelo; pelos telefones (014) 3882-4817 ou 9765-7720, ou ainda, pelo e-mail: contato@clinicacreser.com.br

{n}Auriculoterapia{/n}

É uma modalidade de tratamento realizado com utilização de cristais radiônicos, uma das mais surpreendentes inovações no ramo terapêutico, descoberto por um acupunturista, radiestesista e engenheiro brasileiro. Tratamento é feito através da pressão exercida na orelha, que tem mais de 200 pontos, cada qual com uma relação específica com um órgão ou área do corpo.

Pesquisas recentes indicam que esses pontos podem ser usados eficazmente no tratamento de distúrbios como a obesidade, as toxicomanias, alcoolismo, tabagismo e também para tratar dores originadas de outros males. A técnica também mostra-se eficaz na eliminação de neuroses, traumas, mágoa, raiva, inveja e entre outras emoções reprimidas.

{n}Danças Circulares Terapêuticas{/n}

São danças tradicionais, folclóricas e contemporâneas, originárias de diversos povos e países, geralmente em forma de círculo, em que um grupo todo participa de mãos dadas, vivenciando inúmeros e variados passos e coreografias. As danças constituem numa das atividades corporais mais completas e saudáveis, pois nessa atividade promove-se o exercício da união, da inclusão, da igualdade, da descontração, da alegria, da solidariedade e da gratidão. Estimula o bem estar físico, emocional, mental social e espiritual.