Botucatu sedia o Dia de Campo Florestal do Brasil

Nos próximos dias 23 e 24 de setembro, Botucatu sediará a 10ª edição do Dia de Campo Florestal. O evento que até 2013 era focado na espécie florestal Eucalipto mudou de nome e traz agora informações e atividades também sobre mogno africano, cedro australiano e bambu. A programação completa de palestras e atividades de campo está disponível no site www.diadecampoflorestal.com.br.

Promovido pela Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) campus da Universidade Estadual Paulista (Unesp) que em 2015 completará 50 anos, o evento deverá atrair produtores rurais, profissionais do setor e acadêmicos de vários estados do país como Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná e até Rondônia.

Botucatu pode ser considerada um dos principais pólos florestais do Brasil com uma cadeia produtiva já consolidada. Empresas como Duratex, Eucatex e Lwarcel estão a menos de 50 quilômetros da sede do município que possui também um dos mais conceituados cursos de engenharia florestal do país. Ao todo, estima-se uma área de aproximadamente 550 mil hectares de florestas de eucalipto e pinus que abastecem fábricas de painéis e celulose mas também são destinadas para geração de energia, serrarias e tratamento.

O Dia de Campo Florestal trará, em 2014, novas possibilidades ao produtor florestal: o cultivo de bambu, espécie de curta rotação com potencial para biomassa; cedro australiano e mogno africano, madeiras mais nobres como opções de investimento de longo prazo e a possibilidade de obter retorno financeiro com o uso comercial da reserva legal da propriedade rural, por exemplo.