Botucatu mantém postos de vacinação contra a raiva

Com o objetivo de atingir a meta da Campanha de Vacinação contra a raiva em cães e gatos, estabelecida pelo Instituto Pasteur, órgão ligado ? Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, a equipe da Vigilância Ambiental em Saúde (VAS) mantém postos permanentes em Botucatu.

A meta de vacinação, considerando os resultados dos relatórios de campanhas de vacinação de 2007 a 2009, era de 25.758 cães e 4.076 gatos na Cidade. A campanha feita em parceira com a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia entre os meses de maio e junho deste ano imunizou 62,72% cães e de gatos 67,30%. O Instituto recomenda que sejam programadas estratégicas de vacinação para tentar atingir no mínimo 80% da população canina e felina.

Para atender esta recomendação e também os proprietários de cães e gatos que perderam a campanha de vacinação ou que não levaram seus animais por não terem idade superior a três meses de idade, a VAS continua a oferecer no Município dois postos permanentes de vacinação contra a doença.

Os interessados devem levar seus animais, entre segunda a sexta-feira, das 7h30 ? s 17horas, na Secretaria Municipal da Saúde, localizada na Rua Major Matheus, nº7, Vila dos Lavradores. Outra opção é o Canil Municipal, instalado na Avenida Itália, s/nº, Vila Lavapés.

Segundo Valdinei Moraes Campanucci da Silva, supervisor de serviços de Saúde Ambiental e Animal, a VAS também tem programado para o mês de setembro instalar postos de vacinação nas regiões com baixa adesão, como é caso da Leste e Oeste.

“A raiva é uma doença que ataca mamíferos, e que pode ser transmitida para seres humanos, ou de humanos para os animais. É causada por um vírus mortal. Por isso, orientamos os proprietários de cães e gatos a manterem seus animais imunizados contra a raiva”, esclarece.