Botucatu irá sediar a 3ª Caravana da Inclusão Social

A Cidade de Botucatu sediará no próximo dia 04 de agosto (sábado), a 3ª Caravana da Acessibilidade, Inclusão e Cidadania. O evento acontece entre 8h30 as 12h30, na sede da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), na Rua Dr. João Reis, 278 – Vila Sônia.

O principal objetivo do evento é discutir questões relacionadas ao mercado de trabalho, transporte, paradesporto e turismo acessível, visando a mobilização e a conscientização da sociedade quanto ? necessidade de consolidar políticas públicas que contemplem os direitos das pessoas com deficiência.

Prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, autoridades municipais, gestores públicos, entidades, pessoas com deficiência, familiares e representantes da sociedade civil integram o público alvo da ação que também é aberta a todos os interessados.

O evento abordará temas como Transporte, Trabalho e Renda, Moda Inclusiva, Ações e Programas Prioritários da Secretaria, Direitos e Cidadania da Pessoa com Deficiência. De acordo com dados do IBGE, no Brasil, cerca de 18% da população total apresentam algum tipo de deficiência. São pessoas com ao menos alguma dificuldade de enxergar, ouvir, locomover-se ou algum tipo de deficiência física ou mental.

Participarão da 3ª Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania técnicos especialistas, consultores da UVESP, advogados especializados em projeto de leis e representantes da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que debaterão com vereadores, prefeitos, secretários e pessoas com deficiência, todos os direitos desse segmento social, assim como os programas da Pasta em São Paulo.

Segundo o presidente da Uvesp, Sebastião Misiara, “a construção da cidadania para essas pessoas passa necessariamente por um olhar mais crítico do Educador, do Empregador e das autoridades públicas. Colocá-los em convivência harmoniosa com todos é uma forma de respeitar os direitos das pessoas com deficiências, que são garantidos pela Constituição”, afirmou Misiara.

A doutora Linamara Rizzo Battistella, secretária da Pasta paulista que é modelo nacional, diz que o grande objetivo do Governo do Estado é “garantir o acesso desse público a todos os bens, serviços e produtos oferecidos pela sociedade”.

O prefeito de Botucatu, João Cury Neto, que irá recepcionar as autoridades revela que “a participação de todos em busca de um bem comum fará com que as pessoas com deficiência tenham seus direitos assegurados”.

Foto: Divulgação