Botucatu deverá participar da manifestação no dia 16

A Praça da Catedral de Botucatu, a partir das 15 horas do dia 16 agosto, deverá ser tornar palco da realização de um movimento popular que também está previsto para acontecer em diferentes regiões brasileiras. O manifesto tem dois objetivos distintos: protesto contra a corrupção e o impeachment da presidente Dilma Rousseff.   Um dos coordenadores do movimento em Botucatu é Fabiano Cecílio, que faz  parte da Juventude do PSDB.

Em Botucatu já aconteceram outros protestos, como em junho de 2013 quando cerca de oito mil pessoas fizeram uma passeata pela região central da cidade (foto). A maioria estava com as caras pintadas, narizes de palhaços, cartazes, faixas e cantava e gritava palavras de ordem. Foi a maior manifestação popular já realizada na cidade. Também no mês de março deste ano uma manifestação foi feita na Praça da Catedral e mais de mil pessoas (segundo a PM)  marcaram presença.

As forças de segurança da cidade formada pela Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Militar (PM) e Polícia Civil estão se preparando para que  a manifestação transcorra de maneira pacífica e os excessos sejam contidos.  Além do patrulhamento a pé,  diversas viaturas e motos das duas instituições deverão circular pelas imediações da praça.

Diversos políticos enxergam o 16 de agosto como termômetro para o impeachment da presidente. Caso o comparecimento seja gigantesco, os parlamentares anti-Dilma serão encorajados a iniciar o processo de impeachment. Se pouca gente for às ruas, os que querem a presidente fora do cargo ficarão desanimados – a oportunidade política para o impeachment se dissolverá.