Astros de “O Reino da Gurizada” voltarão a se encontrar

A Rádio Emissora de Botucatu PRF-8 está preparando um encontro bastante interessante e muito especial previsto para o próximo dia 11 de novembro (domingo), a partir das 10 horas. Nesse dia estarão se reencontrando os “astros” do programa “O Reino da Gurizada”, um dos programas mais populares das décadas de 1960/1970, criado por Plínio Paganini.

A idéia surgiu depois que o programa “Memórias de Botucatu”, apresentado por Nenê Bueno pela TV Alpha, canal 2 Net, com direção de Fernando Bruder, fez uma reportagem especial sobre “O Reino da Gurizada” com uma série de entrevistas com os verdadeiros protagonistas que marcaram época no rádio botucatuense, onde apresentavam crianças com até 11 anos de idade, cantando, especialmente, músicas do movimento da Jovem Guarda, liderado por Roberto Carlos.

Entre outros, deverão se reencontrar naquele mesmo palco de outrora. Ana Maria Vocci (que chegou a gravar um disco em 78 rotações), Rivaldo Corulli, o Maninho, hoje diretor de TV, que tinha até fã-clube, Ivani Quadros, Rita de Cássia Arias, Nilson Moreci, Célia Terezinha Dalaqua Bonjoão, Silvia Maria Montocaro, Iolanda Soler Ribeiro, Sueli de Fátima Floriano, Elizabete Gonçalves da Silva, Célia Regina Santa Rosa, além dos apresentadores Benedito Santa Rosa, Mário Perini Pascucci e José Carlos Moreira.

Também serão lembradas pessoas que tiveram participação no programa como Oduvaldo Viana, Adalberto Mattos. Antônio Arias, Francisco Arias, Ficheta e seu conjunto, João Cicino, Aílton, Durval Pereira, João Galvani, Laudelino, Serrinha, Vicente Lofiego, Heitor Titon, Rubens Roberto Herbst, Elcio Paganini, entre outros.

O apresentador Nenê Bueno prevê que será um dia inesquecível. “Fico lisonjeado e muito feliz em saber que do meu programa resultou a ideia do reencontro daquelas crianças de ontem que tomaram caminhos diferentes. O objetivo ao fazer o programa sobre “O Reino da Gurizada” foi mostrar um momento muito importante do rádio botucatuense”, explica Bueno. “Tive um prazer enorme em entrevistar essas pessoas que foram protagonistas daquele programa que marcou a história do rádio da Cidade”, complementou o apresentador da TV Alpha.

Benedito Santa Rosa, que foi o principal apresentador de o “O Reino da Gurizada”, enfoca que o programa era realizado por um grupo de pessoas lideradas pelo diretor Plínio Paganini e era sucesso de audiência e de público, com muito improviso. “O auditório da PRF-8 ficava pequeno, com 150 pessoas sentadas e outras tantas em pé”, lembra. “O programa começava ? s 10 horas, mas ? s 8 horas já tinha gente formando fila e as disputas entre os cantores mirins eram muito acirradas e era o auditório quem decidia o vencedor da semana, através de palmas e gritos.”, emenda Santa Rosa.