Acontece traz detalhes sobre Plano de Demissões Voluntárias (PDV) da Embraer em Botucatu

embraerDepois de várias notícias sobre o Plano de Demissões Voluntárias (PDV) da empresa Embraer em todo o Brasil, a assessoria de imprensa da indústria aeronáutica enviou à redação do Acontece Botucatu, detalhes do programa, que afetará também a unidade instalada na cidade.

Atualmente a fabrica de Botucatu conta com 1800 funcionários e não há metas pré-definidas de número de adesão de funcionários para o PDV. “A empresa anunciou no dia 8 que faria uma série de medidas de redução de custos com o objetivo de reduzir suas despesas fixas em US$ 200 milhões
anuais em todo o mundo. O PDV é uma dessas medidas, mas não é a única – por exemplo, gestão de estoques e contratos com fornecedores considerando as novas estimativas de produção também estão sendo analisadas, entre outras medidas”, informou a assessoria ao Acontece.

Confira os detalhes:

Após algumas rodadas de conversa com os diversos sindicatos representativos de seus empregados, a Embraer anunciou nesta quarta-feira (17) os critérios do seu Plano de Demissões Voluntárias (PDV). A iniciativa, informada na semana passada, é parte de uma série de medidas de redução de custos que vem sendo adotada pela empresa visando superar o cenário desafiador enfrentado hoje pela indústria aeroespacial.

O programa, de caráter voluntário, será aberto a todos os empregados de todas as unidades do Brasil. O pacote de incentivo para quem aderir ao PDV inclui:

– Pagamento rescisório equivalente a desligamento sem justa causa (aviso prévio, incluindo quinquênios; férias e abono de férias; 13º Salário proporcional; 40% do FGTS);

– Indenização adicional proporcional ao tempo de empresa (40% do salário nominal por ano de empresa), garantindo um mínimo de 2 salários nominais brutos. O pacote de incentivo será isento de imposto de renda, em conformidade com a legislação vigente;

– Pagamento de seis meses do Plano de Saúde e de Assistência Odontológica para o empregado e seus dependentes já cadastrados;

– Apoio e orientação para o processo de transição de carreira ou de aposentadoria, conforme o caso, além de Workshops de Planejamento Financeiro, Empreendedorismo e Consultoria;

O período para inscrições vai do próximo dia 23 de agosto até 14 de setembro. As inscrições serão analisadas até 23 de setembro. Todos os empregados que aderirem ao PDV terão seu desligamento realizado na 1ª semana de outubro de 2016.