Após 50 anos turma do Científico do EECA se reencontram

Fotos: David Devidé

Os formandos da turma de 1962 que concluíram o Curso Científico da Escola Estadual Cardoso de Almeida (antigo Instituto de Educação Cardoso de Almeida – IECA) se reencontraram nesse final de semana para uma confraternização que teve oração ecumênica aos ausentes.

Daquela turma de 1962, considerada potencializadora de estudos, alguns não se viam desde aquela época, além dos que percorreram seus caminhos mais próximos e este encontro, certamente, permitiu os ex-alunos rever suas trajetórias vitoriosas, árduas e produtivas, decorridas ao longo de suas vidas.

Os professores, funcionários da escola, colegas de outras turmas, as façanhas, as histórias de cada um, percalços e vitórias foram lembrados no reencontro. “A trajetória pode-se dizer, foi vitoriosa no sentido de que todos cumpriram seus objetivos e metas, atuando social e economicamente como cidadãos úteis ao País, comprovando que o IECA foi um verdadeiro celeiro de talentos, formados com doutrina própria muito além do conhecimento que permitiu a cada um desenvolver, produtivamente”, destacou Alfredo Colenci Júnior.

Para Gilda Guedes Casimiro, a reunião trouxe lembranças dos colegas ausentes que cumpriram antes suas trajetórias e o agradecimento a todos os que participaram, direta e indiretamente, em sua formação. “Na memória de cada um está sua história e sua contribuição, que não foi pouca, demonstrando a essencialidade do aprendizado baseado em princípios e formador de um sentido”, disse.

Além de Alfredo Colenci e Gilda Casimiro também marcaram presença os ex-alunos: Lourdes Gonçalves, Maria Aparecida Caminoto, Clícia Bruder, Antônio Caetano Pereira Simões, Odair Carlito Michellin, Pérsio Porto Pompeu, Homero de Campos Machado, Luiz Gonzaga Gardin, Walter Theodoro Barbosa, Reinaldo Lovizutto, Carlos Henrique Siloto e Luis Antonio Rebello representaram a turma. José Norberto Rodrigues, Antonio Carlos Amando de Barros (Toty), Celso Scorsatto e Jair Dias de Almeida são os colegas já falecidos.