Apae sedia a 4ª edição da Virada Inclusiva

Na próxima terça-feira (3 de dezembro) é o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. Para celebrar a data, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência coordena a realização da quarta edição da Virada Inclusiva em parceria com as prefeituras, conselhos da Pessoa com Deficiência, órgãos governamentais e instituições da sociedade civil. Em Botucatu as atividades da Virada Inclusiva ocorrerão a partir das 9 horas na sede da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), localizada na Rua Dr. João Queiroz Reis, 278 – Vila Sônia.

Na oportunidade haverá apresentação de dança, música, arte e cultura do Município. Participarão diversas entidades do Município como Apae, Arte e Convívio, Associação dos Deficientes Físicos de Botucatu (Adefib), Centro de Educação Especial para Jovens e Adultos (Cieeja), Escola Especial Nair Peres, Nape e Espaço São Micael.

Paulo Malagutte, assessor especial da Acessibilidade e Inclusão Social, que organiza a Virada Inclusiva em Botucatu, ressalta que esta ação é válida para que a comunidade possa refletir sobre os avanços obtidos com o reconhecimento do princípio da inclusão das pessoas com deficiência e também sobre os desafios que devem ser garantidos na totalidade dos direitos desta parcela importante da população. “Eventos como esse estimulam a população a reconhecer a necessidade da inclusão como um direito estendido a todos, independente de suas características pessoais”, afirma.

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no Brasil, cerca de 24% da população total apresentam algum tipo restrição de mobilidade, defasagem sensorial ou algum tipo de deficiência. São pessoas com ao menos alguma dificuldade de enxergar, ouvir, locomover-se ou algum tipo de deficiência física ou intelectual.

{n}Passeio na Cuesta{/n}

Dentro das atividades que precedem a Virada Inclusiva, será realizado neste sábado (30) um Passeio Inclusivo que permitirá pessoas com deficiência desfrutarem as belezas naturais de Botucatu e região. A atividade é promovida pela Assessoria em Políticas de Inclusão Social, Subsecretaria Municipal de Turismo e os Jipeiros da Cuesta (Jipe Clube de Botucatu). A saída do passeio está marcada para as 8 horas, em frente ? Catedral Metropolitana.

Esta é a segunda vez que a Prefeitura de Botucatu, em parceria com os Jipeiros da Cuesta, irá promover tal ação junto a pessoas com deficiência. Ela faz parte do projeto Botucatu Terra da Aventura.

A intenção é reunir cerca de 30 alunos de várias entidades de Botucatu, que terão a oportunidade de conhecer a Rampa de Voo Livre, com uma maravilhosa vista para a Cuesta; passar pelo Sítio Bela Vista, onde poderão degustar um café da manhã; e finalizar o passeio na Estância Jacutinga, local para almoço e descanso de todos.