APAE de Botucatu promove Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Multipla; veja fotos da Associação

Fotos: Acontece Botucatu

apae-2016-2

A APAE de Botucatu estará promovendo pelos próximos dias a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, que neste ano tem como tema “O Futuro se faz com Conscientização das Diferenças”. O evento é feito todos os anos sempre entre os dias 21 e 28 de agosto.

apae-2016O objetivo da semana é propor uma reflexão sobre as palavras diferença e desigualdade. “Queremos divulgar para a população as diferenças como um todo. É importante dizer que diferença não é desigualdade, ou seja, todas as pessoas são diferentes umas das outras, no entanto, não devem ser tratadas com desigualdade em decorrência das suas diferenças. Assim, todas as pessoas têm os mesmos direitos”, disse à reportagem do Acontece Botucatu Tânia Spadin, diretora da APAE.

A programação contempla atividades culturais, além da eleição do Auto Defensor, que ocorreu nesta segunda-feira, 22, com posse prevista para a próxima sexta-feira, dia 26. A votação movimentou os corredores da APAE.

“É muito interessante, pois são eleitos atendidos,  para representar os próprios atendidos. Assim os eleitos vão participar de diversas ações, inclusive reuniões para representar os nossos assistidos”, explica Tânia.

A APAE

apae-2016-21A Reportagem do Acontece Botucatu percorreu toda a estrutura da APAE de Botucatu e se impressionou com o que viu. Com extrema organização e muita dedicação de funcionários e voluntários, o local virou referência.

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE de Botucatu foi fundada em 1969. Atualmente atende 310 pessoas de Botucatu, Itatinga, Pardinho e Areópolis com Deficiência Intelectual e/ou Múltipla e Transtorno do Espectro Autista e suas famílias.

Um dos assistidos mais famosos é Emílio Bonafede Filho, 74 anos, o mais antigo atendido em atividade e que está na APAE desde a sua fundação. “Gosto muito daqui, gosto de pintar e gosto da Lú”, se referiu Emílio com largo sorriso direcionado à professora Luciana Paes de Almeida.

A Associação desenvolve atividades e projetos variados, como horta e compostagem, oficina de artes, estamparia em tecido, culinária, atividade física, informática, música e dança. Ela também atende no ensino fundamental na Escola de Educação Especial da APAE de Botucatu.

Confira a galeria de fotos:

Divulgação