Alunos de escolas públicas de Botucatu vivenciam empreendedorismo em feira

feira-do-empreendedor-foto-igor-medeiros-111-customA primeira edição da Feira do Empreendedor movimentou a Praça Emílio Peduti (Bosque) no último sábado (1º de outubro). A iniciativa faz parte do “Aprendendo a Empreender”, projeto da Prefeitura de Botucatu, através da Universidade do Trabalhador (UNIT), vinculada à Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, em parceria com o Cebrac (Centro Brasileiro de Cursos).

Participaram do evento alunos do Cebrac e do Ensino Médio de escolas públicas de Botucatu que organizaram 19 empresas fictícias. Todas tiveram a oportunidade de expor seus produtos e serviços ao público que circulou pela feira e vivenciar na prática a experiência de serem donos do seu próprio negócio.

feira-do-empreendedor-foto-igor-medeiros-99-customA Feira do Empreendedor coroou todo um trabalho realizado ao longo dos últimos três meses. Na ocasião, mais de 4,5 mil alunos passaram por palestras sobre “Imagem Pessoal e Profissional” e oficinas de empreendedorismo. Eles foram estimulados planejar, organizar, decidir e controlar atividades de empresas sustentáveis criadas de forma fictícia, bem como o desenvolvimento do trabalho em equipe e liderança.

Samuel Nunes Tavares da Silva, de apenas 16 anos, participou da feira e ao lado dos colegas da Escola João Queiroz Marques, do distrito de Rubião Júnior, conquistou o primeiro lugar na categoria das escolas públicas. “O nome da empresa é JQ Compact Hortas, que trabalha com o conceito da criação de hortas autossustentáveis”, explica ele. “Acho que todos deveriam passar por uma experiência como essa. Quem participou já é um vencedor”, completou.

feira-do-empreendedor-foto-igor-medeiros-5-customLuciane Somera, proprietária da franquia Cebrac em Botucatu, enfatiza que a participação do Poder Público neste projeto tem sido essencial para difundir ainda mais o empreendedorismo junto à população. “É uma satisfação imensa  ver esses alunos se descobrindo. Isso aqui foi um pontapé não só para levar o empreendedorismo para a sala de aula como também para a  praça pública”, diz.

O secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, Carlos Costa, avaliou com sucesso a primeira edição do Aprendendo a Empreender e da Feira do Empreendedorismo. “O objetivo desta ação é levar até as escolas a cultura do empreendedorismo, para estimular os jovens a pensar sobre a possibilidade de empreender. A proposta é realizar esta ação anualmente possibilitando nos novos alunos venham ter a mesma oportunidade”, projeta.

feira-do-empreendedor-foto-igor-medeiros-3-customO prefeito João Cury Neto participou da premiação às empresas e elogiou todos aqueles que estiveram envolvidos na iniciativa. “O empreendedorismo está no sangue do brasileiro, mas a maioria ainda desconhece os caminhos de como abrir uma empresa e, principalmente, como mantê-la aberta com sucesso. Por isso, aqueles que participaram deste projeto já saem na frente dentro do mercado de trabalho”, afirma.

Premiação – 1ª Feira do Empreendedor

Categoria: Escolas Públicas

1º lugar – JQ Compact Hortas – Escola João Queiroz

2º lugar – Ecotec – Escola do 24 de maio

3º lugar – Liga Eco – Escola Dom Lucio

 

Categoria – CEBRAC:

1º lugar – Universo Fit

2º lugar – Eco&tour

3º lugar – Green Wedding e Le Jardim (empate)