Alckmin aprova hospital de animais em Botucatu

Há vários anos o professor doutor Carlos Teixeira vem pleiteando a instalação de um hospital veterinário para animais silvestres. Teixeira é o responsável pelo Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens (Cempas) da Unesp de Botucatu que recebe animais silvestres de todos os portes de 300 cidades do Estado de São Paulo, além de outros estados Brasileiros.

Esta semana Teixeira, juntamente com o prefeito João Cury Neto;  deputado estadual Fernando Cury, coordenador de Defesa Civil do Município, Paulo Renato da Silva; e  diretor da FMVZ/Unesp, de Botucatu, professor Paes de Almeida Nogueira Pinto, esteve em audiência com o governador do estado Geraldo Alckmin para debater o assunto.

Foi solicitado ao governador cerca de R$ 1 milhão para completar verba de R$ 2 milhões destinada pelo Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID) para a construção do Hospital Veterinário de Animais Selvagens do Cempas, em Botucatu.

“O governador gostou do projeto e aprovou o repasse solicitado, que será feito através da Secretaria do Estado de Meio Ambiente para que o hospital atenda o Estado de São Paulo e seja uma referência em todo o País. Uma reunião com a secretaria do Estado de Meio Ambiente, Patrícia Iglecias, já foi marcada para que seja dado andamento ao repasse e ao projeto”, colocou o deputado.

O projeto prevê que será este um hospital ecologicamente correto, especializado nas áreas de clínica, cirurgia e de diagnóstico e voltado para preservação de animais selvagens em situação de risco, resgatados pelo poder público ou pela população, além de capacitação dos profissionais de todas as áreas envolvidas e educação ambiental.