Acupuntura Veterinária da Unesp passa a atender diariamente

Desde segunda-feira, 10 de setembro, o Ambulatório de Acupuntura da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Unesp, câmpus de Botucatu, passou a funcionar diariamente, das 9 ? s 12 horas e das 14 ? s 17 horas. Até então, o Ambulatório, implantado há doze anos, atendia apenas nas tardes das sextas-feiras.

A intensa procura pelo serviço motivou a ampliação do horário de atendimento. O Ambulatório vinha atendendo cerca de 60 animais a cada tarde de trabalho, resultando em quase 3 mil sessões de acupuntura realizadas por ano. Os números incluem atendimentos a bovinos, equinos e também animais silvestres.

Parte significativa dos casos atendidos pelo Ambulatório refere-se a animais portadores de sequelas de cinomose, paralisia em nervos periféricos ou problemas de hérnia de disco. Nesse último caso há sucesso em 80% dos tratamentos, superando os resultados alcançados com procedimentos cirúrgicos.

O funcionamento contínuo do Ambulatório de Acupuntura deve dinamizar o serviço, facilitar o agendamento dos casos e melhorar a qualidade do trabalho e do atendimento ao público, de maneira geral.

A expectativa é que, com o novo horário, haja um maior desenvolvimento das pesquisas científicas sobre temas relacionados ? acupuntura. “Essa nova configuração deve proporcionar um aumento no número de trabalhos de pesquisa e a possibilidade de realização de estudos mais elaborados, com metodologia mais minuciosa”, prevê o professor Stélio Pacca Loureiro Luna, do Departamento de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária da FMVZ, responsável pelo serviço.

Outro benefício do funcionamento contínuo é a possibilidade de que os alunos passem a acompanhar o atendimento e, principalmente, que o Ambulatório passar a receber estagiários. “Há uma demanda grande nessa área e não tínhamos a possibilidade de admitir estagiários de maneira oficial”, diz o professor Stélio Luna. “Agora passamos a ser uma das raras instituições públicas com a possibilidade de estágio integral na área de acupuntura veterinária”, emenda.

Segundo o professor, a FMVZ/ Unesp é instituição brasileira onde o estudo e a aplicação da acupuntura veterinária estão mais desenvolvidos. “O Brasil é o país líder em publicações de pesquisas clínicas na área de acupuntura e nosso grupo, que atua desde 1994, tem um papel, particularmente, importante nesses números”, observou o professor.

A equipe de trabalho do Ambulatório de Acupuntura inclui os médicos veterinários voluntários Jean Guilherme Fernandes Joaquim e Maria Luisa Buffo de Capua, os pós-graduandos Bianca Pava Costa Rodrigues dos Santos, Livia Ramos, Nicole Ruas de Sousa e Nuno Emanuel de Oliveira Figuiredo da Silva. Outros pós-graduandos também dão apoio ? s atividades.

Apesar da mudança de horário, o procedimento de atendimento segue o mesmo, ou seja, após as consultas realizadas em outros setores do Hospital Veterinário, os animais que receberem a indicação do tratamento com acupuntura serão encaminhados ao Ambulatório.

As sessões de acupuntura no Ambulatório da FMVZ custam R$15,00 e a consulta inicial R$ 50,00. Assim como em todo o atendimento do Hospital Veterinário, os proprietários carentes são isentos. Mais informações pelo telefone (14) 3880-2211 ou pelo e-mail: acupuntura@fmvz.unesp.br .

Fonte: Da Assessoria