38° horário de verão acontece de outubro a fevereiro

Da primeira hora deste domingo (20 de outubro de 2013) até a meia noite do dia 16 de fevereiro de 2014, vigora o 38º horário de verão em três regiões brasileiras. Os moradores de dez Estados do País e do Distrito Federal deverão adiantar o relógio em uma hora. Além de Brasília e as cidades ao redor, os Estados atingidos pela mudança no relógio são: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul.

Embora existam divergências, para muita gente que gosta deste horário em que os dias ficam maiores, é um bom momento de aproveitar mais os dias para fazer caminhadas, conversar com os amigos e aproveitar o calor do verão, ainda economizando energia.

Basicamente, o horário de verão visa a economia do consumo de energia no horário considerado de pico, compreendido entre 18 ? s 21 horas, para melhor aproveitamento da luz natural do dia, ou seja, tem como base a diminuição do tempo em que as pessoas precisam ficar com a luz acesa.

Foi adotado pela primeira vez no território brasileiro no ano de 1931 e depois de muitas idas e vindas, devido ao fato de muitos não aceitarem o horário, ele retornou no ano de 1985 e agora é colocado anualmente e depois de alguns anos, mais precisamente no ano de 2008 foi decretado por lei, a data de início e fim do horário de verão.

Dados estatísticos revelam que por meio do aproveitamento da luz natural, obtém-se uma redução de 4 a 5% no consumo de energia elétrica, o que faz com que o país não sofra com problemas decorrentes da falta de energia. Inicia-se no verão pelo fato de a estação ser a mais quente e a que mais provoca o aumento do consumo de eletricidade: refrigeração, condicionamento de ar, ventilação etc., além de apresentar os dias mais longos que as noites.