Técnico faz balanço positivo do futebol feminino em 2011

Depois de uma primeira fase boa onde foi líder por várias rodadas do Campeonato Paulista de Futebol Feminino, a equipe da Associação Desportiva Botucatu encerrou sua participação no torneio numa condição abaixo do que era esperado e terminou na última colocação do Grupo 3, com apenas um ponto ganho em 18 disputados. Na campanha da segunda fase, Botucatu disputou seis partidas em jogos de ida e volta, perdendo cinco e empatando uma.

Apesar da eliminação na segunda fase, a comissão técnica tem boas perspectivas para a próxima temporada, já que a média de idade das jogadoras é abaixo dos 20 anos. A equipe teve bom desempenho na primeira fase, onde obteve um aproveitamento de 58% (nove vitórias, dois empates e cinco derrotas) e um considerado saldo de gols: fez 46 e sofreu 9.

Renato Moral, técnico do Botucatu elogiou a conduta de suas comandadas e comentou que tudo foi dentro do planejado, que era pelo menos chegar ? segunda etapa. “Fizemos um bom campeonato, faltou um pouco de experiência para todo mundo”, reconhece. “Mas o resultado final é bastante positivo. Provamos que possuímos uma boa equipe e que pode lutar pelo título na próxima temporada”, emendou.

Vale lembrar que Botucatu também disputou os Jogos Regionais deste ano, em Barra Bonita e era cotada como uma das favoritas ? medalha de ouro. Entretanto, perdeu na semifinal para Piracicaba por 2 a 1 e foi eliminada da competição e ficou fora da disputa dos Jogos Abertos do Interior que será disputado no mês de novembro, em Mogi das Cruzes. A eliminação dos Regionais fez com que a diretoria Executiva dispensasse duas atletas que estariam causando discórdia no grupo.

A diretoria garantiu que permanecerá com o treinador em 2012, mostrando que o clube aposta em um projeto ? longo prazo e busca crescimento na categoria feminina, já que este é o segundo ano de existência da equipe de Botucatu. Outra preocupação da diretoria é manter os patrocinadores para a próxima temporada.