Segundo Tempo retorna às atividades em janeiro

Em Botucatu, os alunos que fazem parte do programa Segundo Tempo, coordenado pela Secretaria Municipal de Educação, retornam suas atividades no dia 6 de janeiro do próximo ano, com muitas atividades diferenciadas. Estas férias prometem brincadeiras e jogos para entreter a criançada no seu período livre.

O Segundo Tempo irá atender os alunos no recesso escolar no mesmo período em que já participam durante o ano letivo. Os interessados poderão levar seus colegas para participarem conjuntamente das atividades, que serão monitoradas pelos coordenadores de núcleo.

Segundo a coordenadora do Segundo Tempo em Botucatu, Mara Ruiz, as atividades serão bem diversificadas. “A recreação foi planejada para esta época de calor, com brincadeiras ao ar livre e vamos aproveitar para realizar campeonatos nas diversas modalidades”, diz.

Ainda segundo Mara, no período de férias escolares, muitos alunos, por não terem nenhuma atividade, muitas vezes brincam na rua, correndo riscos. “Como o programa funciona nas férias, os pais poderão ficar mais tranquilos, pois seus filhos estarão se divertindo com os nossos coordenadores através de atividades direcionadas. Ressaltando que o programa Segundo Tempo ocorrerá durante os horários já previstos no período letivo”, explica.

{n}Sobre o Segundo Tempo{/n}

O programa Segundo Tempo, desenvolvido em parceria com o Governo Federal através do Ministério do Esporte, tem por objetivo democratizar o acesso à prática e cultura do esporte para promover o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens, como fator de formação da cidadania e melhoria da qualidade de vida, prioritariamente em áreas de vulnerabilidade social.

São oferecidas modalidades esportivas coletivas (basquete, handebol, futsal e voleibol), individuais (atletismo, dama e xadrez), além de atividades complementares como oficinas culturais e educativas.

{n}Cerca de 1,5 mil crianças atendidas{/n}

Em Botucatu, o programa Segundo Tempo tem atualmente 20 núcleos, com 20 professores de educação física e 20 monitores de atividades esportivas, que são responsáveis pela elaboração e execução dos planos pedagógicos e atividades junto aos alunos. Hoje atende cerca de 1.500 crianças na faixa etária de 6 a 15 anos, no contra turno escolar.

Para participar do programa, basta a criança ou adolescente procurar um dos núcleos e preencher a ficha de inscrição. Os núcleos são as seguintes unidades escolares: Elda Moscogliato, João Queiroz Marques, Jonas Alves de Araújo, Américo Virgínio dos Santos, Paulo Guimarães, Angelino de Oliveira, José Antonio Sartori, Antenor Serra, Cardoso de Almeida, Francisco Guedelha (CRAS do Parque Imperial), João Maria de Araújo Júnior e Luiz Tácito Virgínio dos Santos.