Quadra revitalizada da antiga Fepasa foi entregue

Prefeitura de Botucatu entregou oficialmente as obras de revitalização das dependências da antiga quadra de esportes do complexo ferroviário, localizada na Rua José Barbosa de Barros (acesso ao Lageado), próximo ao antigo viradouro de trens, no Jardim Paraíso.

A reforma da quadra, que teve início em setembro de 2013, foi viabilizada pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer em parceria com a Secretaria de Obras. Ela contou ainda com o apoio das Secretarias de Meio Ambiente e Mobilidade Urbana. O investimento foi de aproximadamente R$ 30 mil.

A revitalização envolveu pintura da quadra, conserto dos alambrados, colocação de pedriscos e nova iluminação. O local também passou a contar com bebedouros e a ponte na entrada do espaço recebeu nova pintura e instalação de alambrados. Além disso, com o objetivo de preservar e resgatar a história da ferrovia, na parte da iluminação foram reutilizados os mesmos postes instalados na inauguração da quadra de esportes.

O local está ? disposição de toda a comunidade. A equipe de corrida e caminhada Marcha Lenta também deverá utilizá-lo para a concentração dos treinos. Atualmente, as atividades da equipe, que conta com 230 pessoas, são realizadas todas as terças e sextas-feiras, a partir das 19 horas, na Praça Alexandre Fleming.

Durante a cerimônia de entrega da revitalização foi realizada uma homenagem ao corredor Luis Garcia Mauricio, conhecido como “Biguá”. A família do corredor recebeu das mãos do prefeito, João Cury Neto, e do presidente da ONG Proteffer, José Luis Vieira Filho, uma placa de reconhecimento. O evento foi encerrado com uma partida de futsal entre os ferroviários.

{n}Impressões{/n}

Para o representante da equipe Marcha Lenta, Robson Domingues Nóbrega, esta ação tem como objetivo principal trazer mais segurança para os pedestres e corredores que participam dos treinos, além de possibilitar a realização de alongamento com aparelho sonoro, ação que não pode ser promovida na Praça Alexandre Fleming devido ? proximidade com o Hospital do Bairro.

“Este espaço possui uma melhor localização e visa proporcionar mais segurança para os participantes do treino já que o acesso é direto pela rua de acesso ao Lageado. Além disso, vamos deixar mais livre o acesso ao Hospital do Bairro. Muitos participantes vão de carro para a atividade e param nas proximidades da praça. Com esta mudança eles poderão estacionar neste novo local. Só tenho a agradecer ? Prefeitura de Botucatu pela revitalização desse espaço”, comenta.

O presidente da ONG Proteffer, José Luis Vieira Filho, ressalta que a quadra já sediou diversos campeonatos regionais da unidade da Fepasa e que a iniciativa de recuperar o local devolve aos moradores da região a oportunidade de utilizar o espaço para a prática de atividades físicas. “Obrigado ao secretário de esportes e ao prefeito João Cury pela ousadia de fazer essa revitalização. Gostaria de agradecer também ? equipe Marcha Lenta, pois a família ferroviária se sente honrada e orgulhosa por ter vocês utilizando esse espaço”, declara.

De acordo com o secretário municipal de Esportes e Lazer, Antonio Carlos Pereira, a revitalização da quadra é motivo de orgulho para o Poder Público Municipal. “Tivemos diversas motivações para que essa quadra fosse revitalizada. Entre elas, atender ? comunidade de um fenômeno chamado Marcha Lenta, um movimento que visa acima de tudo a qualidade de vida e a socialização. Além disso, o que mais me emocionou foi ver os ferroviários acompanharem diariamente cada movimento das máquinas. Isso é motivo de orgulho. Isso é que nos motivou a fazer com que as obras fossem concretizadas rapidamente”, exalta.

O prefeito João Cury destaca a importância da recuperação de um espaço público que permaneceu em situação de abandono por longos anos. “O maior valor dessa obra não se trata dos trinta mil reais que a Prefeitura investiu aqui, mas de tudo o que está por trás dela: a recuperação de uma área degradada. Trata-se de uma quadra de esportes que, se estiver sendo utilizada, não terá mais aqui ponto de droga, descarte de lixo e prostituição. Revitalizar significa dar vida novamente e oferecer qualidade de vida”, ressalta.