Programa do Ministério do Esporte contempla Futebol Amador em Botucatu

O prefeito de Botucatu, João Cury Neto, participou nesta quinta-feira (25), em Brasília, do lançamento do programa “Futebol para Todos”, do Ministério do Esporte. A ação vai garantir estrutura para realização de campeonatos amadores em diferentes municípios brasileiros, além de contribuir com a descoberta de novos craques que moram no interior do País.

O ministro do Esporte, George Hilton, frisou durante a cerimônia de lançamento que o programa vai valorizar as ligas amadoras e inspirar novos jogadores. “O futebol de base, em especial o amador, é mais do que inclusão social. Ele é também o momento de revelação de atletas. A maioria dos atletas que brilham atualmente no exterior e na seleção brasileira, tanto masculina quanto feminina, é oriunda de regiões carentes e que teve nos campos de várzea a oportunidade de ser descoberto”, lembra.

Voltado para municípios com população superior a 20 mil habitantes, o programa Futebol para Todos busca garantir condições mínimas para a prática da modalidade. A primeira fase do projeto atenderá dez municípios. Entre eles Botucatu, que receberá o repasse de R$ 118 mil do programa. O Município também entrará com uma contrapartida.

“Com este repasse, o dinheiro que a Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo empregava anteriormente nos custos de arbitragem e premiações (troféus e medalhas) destes campeonatos poderão ser utilizados em outras áreas do esporte em Botucatu”, ressalta o secretário de Esportes, Lazer e Turismo, Antonio Carlos Pereira.

O prefeito João Cury Neto parabenizou a iniciativa que, segundo ele, atinge o coração de cada um dos municípios brasileiros. “Muitas vezes as pessoas que praticam o futebol nas cidades não têm condições mínimas para desenvolver o futebol nos rincões dos municípios. O programa é um olhar diferenciado que visa desenvolver a inclusão social por meio do esporte, pois ele é voltado para a população excluída que não tem acesso a grandes campos de futebol e clubes esportivos”, disse.

Segundo o Diretor do Departamento de Futebol e Futsal da Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo de Botucatu, Clodoaldo Cardoso, serão beneficiados com o programa em Botucatu cerca de 2.300 pessoas, entre atletas e comissão técnica, das competições do Varzeano série A, Varzeano série B e do Campeonato Botucatuense de Futebol Feminino, uma novidade implantada pela administração neste ano de 2016.

“Em 2008, o futebol amador não foi realizado em Botucatu e partir de 2009 ele foi retomado e reformulado pela administração atual. Hoje, no nosso Município, o Varzeano série B conta com 40 equipes e o série A com outras 14. São competições que, mais do que revelar talentos, integram atletas, movimentam as comunidades e estimulam a prática esportiva”, destaca.

Além de Botucatu, o Futebol para Todos atenderá moradores dos municípios de Araranguá (SC), Jales (SP), Novo Horizonte (SP), Osasco (SP), Oswaldo Cruz (SP), Caçador (SC), Rio Pardo (RS), Santo Angelo (RS) e Vila Velha (ES).

(Ass. de Imprensa da Prefeitura)