Pilotos Campeonato Brasileiro de Paraglider já estão na Cidade

Na manhã desta sexta-feira (15), Botucatu começou a receber pilotos dos estados do Rio de Janeiro, Paraná, São Paulo e Espírito Santo que participarão da etapa final do Campeonato Brasileiro de Paraglider, que tem início neste domingo (17) e segue até o dia 23 de outubro.

De acordo com a organização do evento até esta sexta-feira já haviam 132 pilotos inscritos na competição. Os interessados em participar da etapa podem realizar suas inscrições até este sábado (16) pelo site www.nabasedanuvem.com.br ou no dia do evento. As vagas são limitadas para 150 pilotos.

O município é o primeiro do Estado de São Paulo a sediar uma competição como esta. A escolha da cidade se deu graças as suas belezas naturais e por possuir uma excelente rampa para realizar o evento. A primeira etapa do Brasileiro deste ano foi realizada em Afonso Cláudio, no Espírito Santo.

O evento, organizado pela Prefeitura de Botucatu, em parceria com a escola de vôo “Na Base da Nuvem”, fecha o ranking brasileiro. Os melhores colocados formam a equipe que vai representar o Brasil no Mundial de Piedrahita, na Espanha.

Os vôos começarão sempre a partir ? s 8 horas, na rampa “Na Base da Nuvem”, localizada na Estrada Geraldo Biral, km 5. No local do evento a população contará com lanchonete, tenda para proteção e banheiros químicos. Em 2009 Botucatu já havia sido palco do festival e da etapa Paulista de Paraglider.

A competição reunirá em Botucatu a elite do vôo livre nacional e contará com a presença de recordistas mundiais de vôos a distância como Kamira, Frank Brown e Cecéu. Além de demonstrações de vôos duplos, serão feitas apresentações de asa delta e vôos instrucionais para a população.

O organizador do evento e presidente do clube de vôo livre, Carlos Eduardo Tosetto, promete realizar uma performance junto com Luiz Henrique “Sabiᔠ, que apresenta o programa “Sabiá no Ar”, no canal fechado de esportes ESPN Brasil. “Vamos fazer um vôo duplo de paraglider. Durante o vôo, Sábia irá pular de para quedas”, conta.

Ainda segundo Tosetto, o evento na Cidade deve reunir um público superior a 3 mil pessoas durante toda a semana. “O campeonato movimentará o comércio, restaurantes e hotéis e deve injetar no Município R$ 3 milhões”, contabiliza ele, que espera fazer desta etapa um chamariz para que Botucatu sedie em breve um mundial da modalidade.

Fonte: Secretaria de Comunicação