Montanhista de Botucatu retrata experiência nos Andes

O montanhista botucatuense, Paulo Piacitelli, para quem “aventurar-se nos Andes é uma questão de escolha e paixão” realizou recentemente sua quarta experiência de exploração da Cordilheira dos Andes na Bolívia, Chile e Peru. A exposição estará aberta ao público até 4 de outubro na Biblioteca da Universidade Estadual “ Julio de Mesquita Filho”, no Distrito de Rubião Junior, em Botucatu.

Nessas expedições escalou cânions, cadeias de montanhas, nevados, em altitudes acima de 4.000 metros, margeou lagos e lagoas, avistou vulcões, picos, enfrentou frio, chuvas, temperaturas baixas, neve, entre outros até conquistar o ponto mais alto, momento do prazer, do êxtase e da liberdade para esses esportistas.

Durante as travessias e escaladas captou imagens das paisagens emolduradas, na maioria das vezes por céu azul onde “o céu é mais azul”; outras durante nevascas, chuvas e entardecer; o homem que habita os povoados da Cordilheira, costumes e construções; e a fauna e da flora da região.

Piacitelli em sua primeira exposição de fotos exibirá ao público 32 imagens de um mundo a parte, pouco explorado pela maioria dos mortais, o mundo Andino cuja beleza do que avistou é cenográfica e exorbitante. O colorido das imagens é acentuado ora, pela luz do sol refletida na neve, nas águas e ora nas salinas. Inseridos nessa realidade seus habitantes e as marcas arqueológicas da existência do homem andino há milhares de anos.