Meninas de ouro do voleibol emocionam o Brasil

Uma festa brasileira, com certeza! De quase eliminada as meninas do voleibol do Brasil, sagraram-se bicampeãs olímpicas e completou neste sábado (11) sua espetacular saga nos Jogos de Londres, vencendo a considerada “imbatível” seleção dos Estados Unidos por 3×1, numa virada histórica. O técnico José Roberto Guimarães torna-se o primeiro brasileiro da história com três ouros olímpicos (ele foi técnico da seleção masculina em Barcelona-1992 e da feminina em Pequim-2008).

As meninas chegaram a Londres desacreditadas pelos resultados dos últimos torneios importantes do voleibol feminino. Não bastasse isso, na primeira fase, a equipe perdeu para Coreia do Sul e Estados Unidos e venceu de forma apertada, no tie-break, China e Turquia. Por isso, chegou ? última rodada precisando de uma combinação de resultados para se classificar. Precisava que os Estados Unidos ganhassem da Turquia.

Os EUA venceram a Turquia e abriram o caminho para o Brasil, que fez sua parte, batendo a Sérvia por 3×1 e entrou como quarta colocada no grupo. Nas quartas de final, o duelo foi contra a Rússia, até então invicta no torneio e algoz do Brasil em jogos emocionantes nas finais dos Mundiais de 2006 e 2010, além da Olimpíada de 2004. O Brasil fez um jogo sensacional contra a Rússia e venceu o tie-break por 3 a 2. Na sequencia, ganhou o direito de disputar a final com os EUA ao vencer o Japão por 3×0.

No primeiro set, as americanas sufocaram as brasileiras, aproveitando-se da falha de marcação do meio de quadra brasileiro, chegando a abrir 11×4. O Brasil não conseguia encaixar o contra-ataque e errava bastante no corredor, dando pontos preciosos para as adversárias que se aproveitaram e fecharam a partida em 25×11.

A partir do segundo set, o panorama da partida mudou, drasticamente, e o Brasil passou a dominar as ações e jogar com muita garra e determinação, acertando a marcação do ataque americano e com o incentivo da torcida, as meninas fecharam a partida em 25×17. Com o empate o moral das jogadoras cresceu. Nos dois sets seguintes, a garra brasileira invadiu a quadra e as meninas imbuídas do espírito Olímpico deram um show de voleibol, venceram o terceiro e quarto sets por 25×20 e 25×17 e comemoram o título assistidas pelas atônitas jogadoras americanas.

Fotos: Divulgação