Massa não teve bom rendimento, mas marca pontos no 1º GP do ano

O início da corrida parecia promissor para o piloto de Botucatu, Felipe Massa, no primeiro Grande Prêmio de Fórmula 1, de 2011, realizada na madrugada deste domingo (3 horas – horário de Brasília), nas ruas do Albert Park, no Circuito de Melbourne, na Austrália.

Massa com sua Ferrari largou bem na oitava posição e superou os três primeiros adversários que estavam ? sua frente (inclusive seu companheiro de equipe, o espanhol Fernando Alonso, que caiu para o nono lugar) a assumiu o quinto lugar. A partir da terceira volta passou a travar um bonito duelo com o inglês, Jason Button (McLaren).

A disputa durou até a 12º volta quando o piloto da McLaren cortou caminho, passou a frente do brasileiro e não devolveu a posição, embora tenha sido punido. Com isso, Alonso, que vinha fazendo uma corrida de recuperação, depois de perder várias posições na largada, também ultrapassou Massa que caiu para a sétima posição e não conseguiu melhorar o desempenho de sua Ferrari.

Felipe Massa entrou nos boxes na 32ª volta, para colocar pneus duros e tentar ir até o fim da prova. Entretanto, acabou perdendo rendimento com os novos pneus e que demoram a chegar mais ? temperatura ideal quando estão na pista e caiu para a 10ª posição. Teve muito trabalho para superar Sebastien Buemi, da STR, e cruzar a linha de chegada na nona posição para marcar seus primeiros dois pontos no campeonato.

Outro brasileiro na pista, Rubens Barrichello, da Williams, escapou na primeira volta e fazia uma bela prova de recuperação, quando exagerou, bateu na lateral do alemão Nico Rosberg, da Mercedes, rodou, trocou a asa dianteira, caiu para 15º e acabou abandonando com problemas de câmbio.

{n}Corrida de campeão{/n}

Para o atual campeão mundial, Sebastian Vettel, a corrida não poderia ser melhor. Após marcar a pole com folga, o alemão da RBR fez um verdadeiro passeio no circuito e não foi ameaçado em nenhuma das 58 voltas da corrida que marcou a abertura da temporada 2011. Em segundo chegou o inglês Lewis Hamilton com sua McLaren. O russo Vitaly Petrov, da Renault-Lotus, foi o terceiro e em quarto chegou o ferrarista Fernando Alonso.

De ponta a ponta Vettel liderou em Melbourne e cruzou a linha de chegada para vencer a corrida com muita tranquilidade, mais de 22 segundos ? frente de Hamilton, que se arrastou com o assoalho danificado para chegar na segunda posição. Atual campeão, o alemão começou 2011 como terminou 2010: espalhando champanhe do ponto mais alto do pódio.

Vale lembrar que antes da largada, uma homenagem da F-1 foi prestada no grid ? s vítimas do terremoto seguido de tsunami ocorrido no Japão há quase duas semanas. O país asiático, que recebe a categoria no fim do ano, já conta mais de dez mil mortos pela tragédia. Agora a próxima corrida da temporada 2011 do Mundial de Fórmula 1 será o GP da Malásia, em Sepang, no dia 10 de abril.

{n}Resultado do GP da Austrália, em Melbourne {/n}

1 – Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) – 58 voltas em 1h29m30s259
2 – Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) – a 22s297
3 – Vitaly Petrov (RUS/Renault-Lotus) – a 30s560
4 – Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – a 31s772
5 – Mark Webber (AUS/RBR-Renault) – a 38s171
6 – Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) – a 54s300
7 – Sergio Pérez (MEX/Sauber-Ferrari) – a 1m05s800
8 – Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) – a 1m16s800
{n}9 – Felipe Massa (BRA/Ferrari) – a 1m25s100{/n}
10 – Sebastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) – a 1 volta
11 – Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) – a 1 volta
12 – Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) – a 1 volta
13 – Jaime Alguersuari (ESP/STR-Ferrari) – a 1 volta
14 – Nick Heidfeld (ALE/Renault-Lotus) – a 1 volta
15 – Jarno Trulli (ITA/Lotus-Renault) – a 2 voltas
16 – Jerome D’Ambrosio (BEL/MVR-Cosworth) – a 3 voltas

{n}Não terminaram:{/n}

Timo Glock (ALE/MVR-Cosworth) – a 8 voltas/mecânico
{n}Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth) – a 9 voltas/câmbio){/n}
Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – a 36 voltas/acidente
Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Renault) – a 39 voltas/mecânico
Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – a 39 voltas/mecânico
Pastor Maldonado (VEN/Williams-Cosworth) – a 48 voltas/pane mecânica