Massa larga em primeiro, mas não chega ao pódio

Foto: Divulgação

 

Embora tenha conseguido largar na primeira fila (pole position),  fato que não acontecia desde 2008 quando estava na equipe Ferrari,  o piloto brasileiro, radicado em Botucatu, Felipe Massa (Willians), não conseguiu seu intento de conquistar o primeiro pódio do ano, embora tenha sido esta sua melhor corrida da temporada 2014 do Campeonato Mundial de Fórmula 1.

Massa cruzou a linha de chegada na quarta posição atrás do seu companheiro de equipe finlandês Valtteri Bottas, que ficou em terceiro conquistando o primeiro pódio da carreira no Grande Prêmio da Áustria de disputado no Circuito Red Bull Ring. Nas duas primeiras colocações ficaram os pilotos da Mercedes Nico Rosberg e inglês Lewis Hamilton, respectivamente. Fernando Alonso (Ferrari) veio em quinto, com Sérgio Perez (Force India), Kevin Magnussen (McLaren), Daniel Ricciardo (Red Bull), Nico Hulkenberg (Force India) e Kimi Raikkonen (Ferrari) completando a zona de pontuação.

Na largada da prova deste domingo, Massa manteve a primeira colocação até a 15ª volta quando teve que entrar nos boxes para troca de pneus. Uma falha da equipe que perdeu um tempo precioso lhe fez perder a posição para Hamilton e Bottas. Com os pneus frios ele ainda foi ultrapassado por Rosberg.

Na volta 40, os primeiros colocados partiram para novas trocas de pneus. As Mercedes foram antes, deixando Bottas e Massa nas primeiras posições. O finlandês parou e voltou em quinto, com Massa de novo na ponta e Fernando Alonso em segundo. Quando parou, o brasileiro voltou em sexto, atrás de Alonso, Rosberg, Hamilton, Bottas e Perez. O espanhol da Ferrari e Perez fizeram então a segunda troca e Massa assumiu a quarta colocação, permanecendo nela até o final da prova, tendo que segurar a pressão de Fernando Alonso.

Nitidamente chateado, mas evitando colocar a culpa na equipe, Massa declarou que tinha convicção de que poderia ter conseguido seu primeiro pódio do ano. “Sabia que ganhar das duas Mercedes seria muito difícil, mas acreditei que poderia terminar na terceira colocação. Não sei o que houve na minha primeira parada e voltei atrás de Hamilton e Valtteri (Bottas) e com os pneus ainda frios fui ultrapassado por Rosberg”, lembrou o piloto. “O importante é que fizemos uma grande corrida e isso mostra que a equipe está em evolução”, consolou-se.

 

Com esse resultado obtido na Áustria, Felipe Massa sobe três posições na classificação geral dos pilotos, ficando com a 9ª colocação com 30 pontos. Seu companheiro de equipe está na 7º colocação com 55 pontos. Nico Rosberg lidera com 165 pontos, seguido de Lewis Hamilton com 136.