Márcio Rangel é campeão da 3ª Copa de Futebol de mesa

O botonista Márcio Rangel foi campeão invicto da 3ª Copa Marcus Klefens de Futebol de Mesa (interno) da Cidade de Botucatu, modalidade “Bola 12 Toques” que contou com a participação de 15 jogadores inscritos na 1ª fase e teve o apoio da Advocacia Klefens e MS Transportes e Jornal

Nas duas partidas das semifinais que foram realizadas na Rua Carlos Silva, 150 (Centro) jogaram na mesa 1 Lourival Júnior x Paulo Rogério e, simultaneamente, na mesa 2, Márcio Rangel x Rodrigo Barbosa.

Na mesa 1 o jogo terminou empatado no 1º tempo (0x0) com várias chances perdidas de ambos os jogadores (Lourival Jr. e Paulo), mas no 2º tempo as bolas começaram a entrar e o resultado da partida terminou com o placar de (3×1) para Lourival Jr. que garantiu a vaga para a final. Na outra partida Márcio acabou vencendo o Rodrigo por (4×0). No 1º tempo abriu uma grande vantagem (3×0) e o placar final terminou (4×0) garantindo a vaga para a final da Copa.

Na disputa do 3º e 4º lugares o Paulo Rogério acabou vencendo Rodrigo Barbosa por (3×1) e no jogo da final onde os dois jogadores estavam invictos, Rangel começou ganhando (1×0), mas o Lourival Jr. logo na saída de bola do meio de campo acabou empatando (1×1). O jogo estava bem equilibrado e depois de Rangel ter perdido uma bola no ataque, Lourival recuperou veio para chutar no gol e acabou perdendo uma grande chance, o rebote acabou ficando no meio de campo e o Rangel numa jogada rápida de três toques pediu para o gol chegando de frente e marcou o segundo gol (2×1), terminando o 1º tempo.

No 2º tempo ambos perderam vários ataques, Lourival não conseguia empatar com chutes da intermediária e Rangel que tinha a vantagem do empate por ter melhor campanha chegava mais de perto do gol, mas também não acertava os chutes para ampliar a sua vantagem no placar, e foi assim até o fim e nenhum dos dois botonistas fez mais gols e o título de campeão ficou com o Márcio Rangel.

Durante toda a Copa em 52 jogos disputados, foram marcados 173 gols, média de (3.32 gols) por partida, o melhor ataque ficou com o Márcio Rangel (34 gols) seguido do Lourival Jr. (32 gols); a melhor defesa foi do Lourival Jr. que levou (11 gols) seguido do Rodrigo Barbosa que tomou (12 gols); o botão artilheiro foi o nº 9 do Márcio Rangel com 16 gols, em 2º lugar ficou o botão nº 8 do Lourival Jr. que marcou 11 gols.

Rangel fez a campanha de 07 vitórias e 02 empates, com 34 gols pró e 16 gols contra. Já Lourival Jr. conquistou 06 vitórias, 02 empates e 01 derrota, 32 gols pró e 11 gols contra. O terceiro, Paulo Roberto, conseguiu 05 vitórias, 01 empate e 03 derrotas, com 25 gols pró e 19 gols sofridos e Rodrigo Barbosa que estava invicto e tinha a melhor defesa até chegar na semifinal, fez a campanha em toda copa 04 vitórias, 03 empates e 02 derrotas, com 12 gols pró e 12 gols contra.

Participaram da competição: Márcio Rangel, Lourival Júnior, Paulo Rogério, Rodrigo Barbosa (Tuvira), Nivaldo Ceará, Bruno Costa, Marcelo Leonardo, Luis Fernando, Silvio Santos, Pedro Parente, Fábio Tonin, Roberto Solimeno, Nélson Tiozzo, Émerson Parente e Evandro Canovas.

{n}Classificação Final:{/n}

Campeão – Márcio Rangel (MR Transportes / A Libanesa / ATEB / Auto Posto Confiança / Advocacia Klefens)
2º Lugar: Lourival Júnior (Caio / Induscar)
3º Lugar: Paulo Rogério (AAB / Botões PRP / Marcenaria Artística Moderna)
4º Lugar: Rodrigo Barbosa (AAB / Dodeca Presentes)