Lutas de MMA leva grande público à Botucatuense

Fotos: Quico Cuter

Nesta sexta-feira (13), o ginásio de esportes da Associação Atlética Botucatuense (AAB) recebeu um evento para as pessoas que apreciam lutas de MMA (do inglês: Mixed Martial Arts) ou AMM (Artes Marciais Mistas): o Shockwave Combate. Foram dez lutas no octógono montado na quadra poliesportiva do clube, que recebeu um grande público, tendo realização das empresas Shockwave Combate, de Bauru e Clown´s Produções e Eventos, de Botucatu.

Na primeira luta, Caio Moikano, um dos lutadores mãos exóticos de São Paulo, derrotou Marcus Baiano, por finalização, no primeiro assalto. Na sequencia a equipe Miquinho de Botucatu orientada pelos professores Anderson “Banana” Silva e Will Trovão, colocou seus lutadores no octógono para enfrentar adversários vindos de diferentes regiões.

Das 10 lutas programadas, sete delas tiveram a participação de lutadores representados pela Miquinho e o ponto negativo foi Wellington Silva ter quebrado um dos dedos nos primeiros segundo de luta quando enfrentava Wellington “Cipó” Fernandes. A equipe médica que esteve presente ao evento decidiu pelo encerramento do combate.

As duas mais empolgantes lutas da Miquinho envolveu o lutador André Bernardo que perdeu por pontos para Magno Wilson, resultado bastante questionado pelo público presente na AAB. Entretanto, a melhor luta da noite foi a penúltima entre os meios pesados David Teixeira da Miquinho que lutou contra Eduardo Perereca, de Barra Bonita. O atleta de Botucatu venceu por pontos, numa decisão apertada do corpo de jurados depois de três rounds empolgantes com várias trocas de golpes, entre os dois lutadores.

Na última e principal luta da noite esperava-se um confronto acirrado e equilibrado entre Charles Michael e Edvaldo Gameth, que estão no topo do MMA nacional. Bem mais experiente, com mais de 30 lutas disputadas, Gameth levou a luta ao chão e, literalmente, pulverizou as ações de Michael, até então com 15 lutas no cartel e apenas uma derrota. Preso ao chão, Michel sofreu um violento castigo imposto por Gameth até o árbitro interromper a luta no primeiro round, por nocaute técnico.