Jogos da Igualdade acontecem em dois dias

As competições da terceira edição dos Jogos da Igualdade de Botucatu serão realizadas nesta quinta e sexta-feira (20 e 21), na Praça da Juventude “José Fernando Donida”, localizada na entrada da Cohab 1. O tema dos Jogos deste ano é “Aprender, crescer e vencer”. O público alvo dos Jogos são adolescentes de 11 a 15 anos que disputarão as modalidades de hip hop, capoeira, basquete 3 e street dance.

A competição é promovida pela Assessoria de Políticas de Promoção da Igualdade e Ações Afirmativas, vinculada à Secretaria Municipal de Governo, em parceria com as Secretarias de Educação e Esportes e Lazer, com apoio da Secretaria de Comunicação e do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial. 

 

Abertura 

O Ginásio da Associação Atlética Ferroviária (AAF) sediou a cerimônia de abertura dos Jogos da Igualdade de Botucatu, que contou com a presença do prefeito João Cury Neto; coordenadora Estadual da População Negra e Indígena, Elisa Lucas, que representou o governador Geraldo Alckmin; secretário de Governo, Carlos Eduardo Colenci; secretário de Esportes e Lazer, Antonio Carlos Pereira; secretário de Cultura, Osni Ribeiro; assessora de Políticas de Promoção da Igualdade e Ações Afirmativas, Conceição Vercesi; e o presidente do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, Cleberson Luis da Silva.

Durante o evento o público presente prestigiou as apresentações culturais do projeto “Musicalizando”, do Núcleo Assistencial Joanna de Angelis, além do grupo “Abayomi”, da Apae de Botucatu. Em seguida foi realizada a apresentação artística oficial de Abertura dos Jogos da Igualdade, sob a coordenação do produtor Rafael Braga, da empresa Ideias Visuais.

Nas apresentações foram demonstradas um pouco da cultura brasileira, africana e afro-brasileira, e também a cultura de rua propagada pela cultura americana que também foi cenário de grandes lutas contra a segregação racial. Segundo Conceição Vercesi, a meta nos Jogos da Igualdade é demonstrar que é valorizado em Botucatu o que as crianças, adolescentes e jovens consideram como cultura no presente momento e para o poder público com certeza é um desafio. 

“Ao mesmo tempo é uma inovação já que o poder municipal apoia estas ideias por meio de políticas públicas e nos aproxima desta geração, mostrando que este é um dos caminhos para o distanciamento das drogas, da violência e um futuro promissor. Acreditamos que os Jogos da Igualdade se tornará uma importante ferramenta para que as escolas, de ensino Fundamental e Médio, possam implementar as diretrizes dispostas pela Lei nº 10.639/2003 que alterou a Lei 9.394/96 (LDB)”, comenta. 

O prefeito João Cury Neto, em seu discurso, declarou ao público presente a institucionalização dos Jogos da Igualdade no calendário oficial do Município. “Esse é o terceiro ano que realizamos estes Jogos e agora ele está passando a fazer parte do Calendário. Eles se tornam uma política pública do Município e de todos os botucatuenses que estão preocupados com qualquer direito de igualdade. A cada ano a competição vem trazendo mais participantes e nesta edição chega a 150 disputando as diversas modalidades”, ressalta.

 

Premiação

Na solenidade o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial e a Assessoria em Políticas de Promoção da Igualdade Racial ainda realizaram a entrega do certificado do Prêmio Educação Afirmativa 2014, para entidades e munícipes botucatuenses pelas relevantes ações em prol da promoção da igualdade racial  r engajamento nas edições dos Jogos da Igualdade nos anos de 2012 e 2013 em Botucatu .

Os prêmios foram entregues a Dr. José Júlio Santos, da Faculdade Marechal Rondon (FMR) e Lions Club de Botucatu e para as entidades da Ação Cidadania – Projeto Preservando o Futuro; Afrape; Fundação CASA – projeto Quesito Cor; Fundação Casa das Meninas; Creche Berçário Criança Feliz – Projeto Crescer; e Núcleo Assistencial Paulo e Estevão.

 

Consciência Negra       

Os jogos da Igualdade dão início às atividades em comemoração ao mês da Consciência Negra. Além da competição a programação conta com lançamento de livro; Jogos da Igualdade da Fundação Casa; concurso da Miss Consciência Negra; apresentações musicais; e primeira Mostra de Curta Metragem – Cultura Afrobrasileira.

 

Programação 

Dias: 20 a 24 de novembro

Jogos da Igualdade – competições 

Apresentação Pipa – Programa de Incentivo à Produção Artístico-Cultural Manifestações Culturais de Raízes – Africana e Afro-Brasileira

Lançamento Livro – A Bela Wika Yawuwu  (Literatura infanto juvenil)

 

Dia: 29 de novembro

Abertura Jogos da Igualdade da Fundação Casa

 

Dia: 30 de novembro

Miss Consciência Negra e Show Wilsinho Procópio e Banda

Apoio Secretaria Estadual da Cultura – Assessoria para Gêneros e Etnias

Horário: A partir das 19 horas

Local: Praça Cavalheiro Virgílio Lunardi

 

Dia: 3 de dezembro – Encerramento

1ª Mostra de Curta Metragem – Cultura Afrobrasileira

Diretoria de Ensino de Botucatu

Horário: 9 às 15 horas 

Local: Praça Dom Luiz Maria de Santana, 176 – Centro