Futebol profissional de Botucatu faz seu primeiro amistoso

Mesmo perdendo de 1 a 0, enfrentando o XV de Jaú, a Cidade de Botucatu já pode comemorar o retorno do futebol masculino profissional na cidade depois de 40 anos, com a equipe do Clube Atlético Botucatu (CAB), fundado, recentemente (05 de novembro), para resgatar a história e dar continuidade ? paixão pelo esporte no município.

A partida amistosa aconteceu na manhã desta terça-feira (15) no Estádio Dr. Acrísio Paes Cruz, na Associação Atlética Ferroviária (AAF), ? s 11 horas. A diretoria do time enalteceu o confronto que teve entrada gratuita e recebeu o XV de Jaú, que comemorou na data da partida 87 anos de fundação e é uma equipe de muita tradição do futebol paulista que revelou grandes jogadores.

“A despeito do resultado, este jogo apresentou a equipe aos torcedores de Botucatu que está voltando ao futebol profissional para concretizar um sonho antigo, após muito trabalho e dedicação, contando com apoio de pessoas que estão acreditando nesse projeto. O primeiro passo foi dado com a fundação do CAB e dividimos nossa alegria com todos os botucatuenses através dessa partida amistosa”, afirmou o presidente do clube, Marcos Aurélio de Oliveira.

O diretor de futebol do CAB, Clodoaldo Aparecido Vieira Cardoso, salienta que o próximo passo da equipe é fazer uma reunião com o prefeito João Cury Neto e empresas da Cidade que estiverem interessadas em investir nesse projeto.

“Podemos dizer que estamos tendo um retorno (do futebol profissional) muito positivo e mesmo com as fortes chuvas que caíram momentos antes da partida e estarmos em um feriado prolongado, centenas de torcedores compareceram na Ferroviária para prestigiar a estreia desse time. Agora é dar continuidade desse projeto”, comentou Cardoso.

{n}Patrulha da Paz{/n}

Entre os torcedores, estiveram presentes na estreia da equipe profissional de futebol os alunos participantes da Patrulha da Paz, programa realizado pela Guarda Civil Municipal (GCM), com cerca de 40 alunos da Escola EMEF Professora Elda Moscogliato, situada na antiga CESP e da Escola EMEF Professor Raymundo Cintra, de Vitoriana.

Os alunos puderam acompanhar os jogadores de Botucatu na entrada do gramado e assistir ao jogo de estréia do time. “Essa foi mais uma das atividades realizadas pela Patrulha Escolar da GCM”, disse a inspetora Cintia, que coordena esse projeto ao lado dos guardas Amâncio, Belo e Nóbrega.