Futebol feminino traça planos para 2014

Com a temporada das jogadoras encerrada no ano de 2013, a direção da equipe do futebol feminino da Associação Botucatuense de Desportos (ABD), já está traçando metas para 2014 para que a equipe volte a ser uma das melhores do futebol brasileiro. Com muitos problemas, principalmente, pela falta de dinheiro para contratar jogadoras experientes e de alto nível, a equipe foi obrigada a promover várias atletas da base que não tinham experiência para jogar contra as grandes equipes do futebol paulista.

O presidente da ABD, Tadeu Galhote, já está mantendo contatos com a Secretaria Municipal de Esportes e patrocinadores para montar uma equipe competitiva no ano que vem, pois este ano a equipe não teve uma boa temporada e só conseguiu uma medalha de bronze no futebol de campo e uma de prata no futebol de salão. Nos Jogos Abertos do Interior não conseguiu chegar ? fase semifinal.

“Botucatu nos últimos anos sempre se manteve entre as principais equipes do futebol brasileiro, conquistando muitos títulos. Nosso objetivo é voltar a elite do futebol feminino e estamos trabalhando para isso”, colocou Galhote. “Por isso estamos atrás de patrocinadores, pois sem eles não poderemos contratar jogadoras de nível. O objetivo é mesclar jogadoras experientes como as que foram formadas na base com boas perspectivas para o futuro”, colocou Galhote.

Na última competição deste ano (Jogos Abertos) e equipe foi comandada pela professora Natália Galhote que é preparadora física do futebol feminino de Botucatu há vários anos, obteve muitas conquistas e conhece como ninguém o futebol feminino. Corre nos bastidores que ela poderá ser efetivada no cargo em 2014 e montar sua comissão técnica. O presidente, porém, não confirma.

“Não vamos falar em nomes agora, porque ainda estamos montando um cronograma de trabalho. Primeiro vamos acertar os detalhes com a Secretaria de Esportes e patrocinadores para definir metas, projetos e contratações. Em janeiro as jogadoras se reapresentam e muitas deles devem continuar com a gente”, previu Galhote.

Desde que foi fundada em 1996 pelo então técnico Edson Castro a equipe botucatuense se consolidou como das melhores do Brasil e ao longo dos anos conquistou muitos títulos, entre eles: tri-campeã do Campeonato Paulista (2006/2008/2009); vice-campeã na Liga Nacional de Futebol – Linaf (2007) e duas vezes vice-campeã da Copa do Brasil (2007/2009); campeã dos Jogos Abertos do Interior (2006) e duas vezes vice (2009 e 2010), além de conquistar por oito vezes consecutivas os Jogos Regionais (2003/2004/2005/2006/2007/2008/2009/2010).

Também nesses anos de atividades, a equipe cedeu diversas atletas para a Seleção Brasileira: como Grazielle, Francine, Fabiane, Lucéia, Daiane Bagé, Renata Koki, Monica, Rafaela, Formiga, Aline, Juliana Jujuba e Sara.