Futebol feminino de Botucatu é goleado em Araraquara

Com o time ainda em formação para a temporada 2013, a equipe da Associação Botucatuense de Desporto (ABD) foi goleada na estréia do Campeonato Paulista de Futebol Feminino jogando em Araraquara, contra a Ferroviária. O resultado não deixa dúvida quanto a superioridade das meninas araraquarenses conhecidas como “Guerreiras Grenás”: 19 a 0.

Foi esta a maior goleada sofrida por Botucatu na sua história em competições oficiais e o próximo compromisso do Campeonato Paulista vai acontecer no domingo, dia 12, ? s 15 horas, no Estádio “Dr. Acrísio Paes Cruz” da Associação Atlética Ferroviária (AAF), contra o XV de Piracicaba.

“É claro que o placar evidencia uma partida atípica, pois Botucatu tem muita tradição no futebol feminino”, comentou o técnico de Araraquara, Douglas Onça. “Nesta situação, o importante é manter a concentração e foi o que fizemos”, resumiu Onça.

Mesmo tendo um resultado, totalmente, adverso as meninas de Botucatu mostram lealdade durante os 90 minutos. “Ganhou a equipe mais competente”, afirmou o treinador da ABD, Luís Fernando Barros Pereira. “No intervalo, eu disse a elas que continuassem tentando. Jogar limpo é parte da nossa filosofia de trabalho”, complementou.

Se os visitantes já tinham problemas antes do confronto, eles se agravaram logo aos 12 minutos, no lance que originou o segundo gol da Ferroviária: a goleira Michelle se machucou; entrou a reserva Maísa, das categorias de base, que pouco pode fazer para evitar a goleada.

A Ferroviária foi para o intervalo com a ampla vantagem de oito gols: Raquel (3), Karina, Mônica, Érika, Rilany e Thaísa marcaram para a Ferroviária no primeiro tempo. No segundo tempo o panorama da partida não se alterou e a equipe araraquarense fez outros 11 gols com: Dioneide, (3) Raquel (3), Adriane (2), Thaísa, Andressa e Tayla fecharam o marcador. O destaque ficou com a atacante Raquel que fez seis gols e assumiu a artilharia isolada do campeonato.

Vale lembrar que o Futebol feminino de Botucatu tem muita tradição e entre suas conquistas estão várias conquistas no Campeonato Paulista, os Jogos Abertos em 2006, a Taça do Brasil em 2007 e oito edições consecutivas dos Jogos Regionais, de 2003 a 2010.