FSS estimula prática de exercícios físicos a idosos

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Botucatu, Rachel Ferronato Cury, acompanhou nos últimos dias 13 e 16 de setembro a as atividades desenvolvidas nas Praças do Idoso Mário Ferreira (Cecap) e Clarindo Pilan (24 de Maio) por meio do programa De Bem com a Vida.

Ele tem como objetivo a realização de exercícios físicos voltados para a terceira idade através da utilização dos aparelhos de ginástica instalados nas praças, que são específicos para essa faixa etária. As atividades são coordenadas e acompanhadas por profissionais de Educação Física de duas a três vezes por semana.

Na oportunidade, a primeira-dama apresentou as diretrizes do programa e entregou o material explicativo aos frequentadores do local. Além disso, foi aberto espaço para diálogo a fim de ouvir as opiniões dos idosos participantes e suas reivindicações.

Segundo Rachel Cury, a intenção é estimular a prática de atividades físicas e movimentar as praças com o objetivo de torná-las um local de convivência para os idosos. “A principal ideia é tornar o espaço bastante amistoso, onde eles possam conviver e praticar exercícios físicos que trazem diversos benefícios ? saúde”, explica.

Ainda de acordo com a presidente do Fundo Social, as pessoas estavam com receio de utilizar os aparelhos sem ajuda de um instrutor. “Dessa maneira, contratamos um professor e um estagiário de Educação Física para acompanhar os idosos e ajudá-los no que for preciso”, ressalta.

Maria José, que participa das atividades no bairro 24 de Maio, afirma que as dores no corpo melhoraram depois do início dos exercícios. “O médico recomendou que eu me exercitasse devido ao problema que tenho na coluna. Dessa maneira, as atividades na praça me ajudaram muito e já percebi uma melhora nas dores no corpo. Além disso, consegui emagrecer e o médico até diminuiu a dosagem dos remédios para dor”, comenta.

{n}Sobre o programa{/n}

O programa De Bem com a Vida, do Fundo Social de Solidariedade de Botucatu, foi desenvolvido por profissionais de Educação Física com o objetivo de complementar o projeto Praça do Idoso. Assim, ele acontece por meio do acompanhamento das atividades realizadas neste espaço.

Embora os exercícios sejam autoexplicativos e possam ser feitos através das orientações contidas em placas espalhadas por toda a praça, o Fundo Social passou a disponibilizar profissionais de Educação Física e estagiários para aprimorar as atividades com o oferecimento de outras possibilidades de exercícios.

As equipes atuam em horários pré-determinados em cada praça. Entre os serviços estão: medição de pressão arterial; avaliação física; direcionamento dos exercícios nos equipamentos da praça; exercícios de alongamento; atividades no espaço e entorno das praças tais como caminhadas, ginástica e relaxamento.

{n}Praça do Idoso{/n}

As praças voltadas aos idosos são projeto do Fundo Social de Solidariedade de Botucatu. Elas possuem estações de exercícios com aparelhos que fortalecem a musculatura, melhoram o equilíbrio e contribuem para a reabilitação de punhos e ombros lesionados em virtude de quedas.

Escadas, rampas, barras paralelas, aparelhos de “senta e levanta”, bicicleta e estação de ergometria, todos construídos em madeira de reflorestamento, dão a base para as atividades. Hoje, a Cidade de Botucatu conta com quatro Praças do Idoso.

{n}Horários das aulas{/n}

Praça Nossa Senhora de Fátima (Vila Antárctica)
Segunda-feira: das 14 ? s 16 horas
Quinta-feira: das 8 ? s 10 horas

Praça Alexandre Fleming (Vila dos Lavradores)
Terça-feira: das 8 ? s 10 horas
Quarta-feira: das 14 ? s 16 horas

Praça Mário Ferreira (Cecap)
Terça-feira: das 14 ? s 16 horas
Quinta-feira: das 14 ? s 16 horas
Sexta-feira: das 14 ? s 16 horas

Praça Clarindo Pilan (24 de Maio)
Segunda-feira: das 8 ? s 10 horas
Quarta-feira: das 8 ? s 10 horas
Sexta-feira: das 8 ? s 10 horas