Felipe Massa termina em sétimo no GP da Malásia

Foto: Divulgação

O piloto brasileiro Felipe Massa (Williams), que passou sua infância e adolescência morando em Botucatu, conseguiu a sétima colocação no Grande Prêmio da Malásia, circuito de Sepang, na madrugada deste domingo (30) ficando ? frente do companheiro de equipe, Valtteri Bottas e considerou a corrida como uma grande oportunidade de aprender mais com o novo carro, já que esta foi a segunda corrida que fez na equipe Willians. Ele estreou no Grande Prêmio da Austrália há duas semanas, mas sua corrida terminou na primeira curva, quando foi atingido pelo carro do japonês Kamui Kobayashi (Caterham Renault).

Massa, que largou na 13ª posição do grid conseguiu fazer uma corrida de recuperação para chegar entre os dez primeiros. O brasileiro passou três na largada, ganhou outras posições durante a prova e nas voltas finais, foi alertado pelo rádio: “Valtteri está mais rápido que você. Não o segure. Ele tem pneus melhores, deixe ele ir”.

Uma mensagem que inevitavelmente remeteu ao famoso episódio do “Fernando está mais rápido que você”, do GP da Alemanha de 2010 quando o brasileiro precisou ceder a vitória a Fernando Alonso na Ferrari. Mas dessa vez, o brasileiro não respondeu pelo rádio, e sim na pista: pisou fundo, conteve as investidas do finlandês e assegurou o sétimo lugar. A intenção do time era liberar o finlandês para brigar pelo sexto lugar com Jenson Button, da McLaren.

“Completamos nosso plano e não tivemos problemas técnicos. Fiz uma boa largada, fiz algumas ultrapassagens e pude aprender mais sobre o rendimento do carro”, disse o brasileiro. Sobre a recomendação da equipe para deixar o caminho livre para Bottas passar, Massa foi incisivo. “Fiz o correto”.

O inglês Lewis Hamilton (Mercedes) venceu com sobras o GP da Malásia. Pole position da prova, o britânico praticamente não foi ameaçado durante toda a corrida e cruzou a linha de chegada ? frente de seu companheiro, o alemão Nico Rosberg. O também alemão Sebastian Vettel, (Red Bull) em final de semana competitivo, completou o pódio com a terceira posição.

Logo atrás dos três primeiros, vieram o espanhol Fernando Alonso
(Ferrari), seguido pelo alemão Nico Hulkenberg (Force India); do inglês Jenson Button (McLaren); do dinamarquês Kevin Magnussen (McLaren) e o russo Daniil Kvyat (Toro Rosso) que completaram as dez primeiras colocações.