Felipe Massa faz sua melhor corrida dos últimos anos

Foto: Divulgação

Após os treinos classificatórios de sábado (11) com o piloto de Botucatu Felipe Massa obteve o sexto melhor tempo e largaria uma posição atrás de seu companheiro de equipe Fernando Alonso na quinta etapa do Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2013. Porém, fui punido e caiu para a 9ª colocação.

A previsão era que Massa teria que fazer uma prova de recuperação e teria muita dificuldade para chegar entre os primeiros. Contrariando as expectativas, o piloto brasileiro fez uma grande prova e foi o terceiro colocado, subindo ao pódio pela primeira vez depois de meses de ausência no pódio. na temporada da F-1. Fernando Alonso cruzou a linha de chegada em primeiro seguido de Kimi Raikkonen. Já Sebastian Vettel, Mark Webber e Nico Rosberg completaram a lista dos seis primeiros colocados.

Com a vitória diante de sua torcida, Fernando Alonso chega a 72 pontos e se aproxima da briga pela temporada, que ainda tem liderança de Sebastian Vettel. O alemão, no entanto, com 89 pontos, tem apenas quatro de vantagem para Kimi Raikkonen, que soma 85. Já Massa aparece com 45. A próxima etapa do Mundial de Fórmula 1 é o Grande Prêmio de Mônaco, uma das provas mais tradicionais do automobilismo mundial, em 26 de maio.

{n}A corrida{/n}

A Mercedes iniciou o GP da Espanha com a dobradinha no grid de largada, com Nico Rosberg em primeiro e Lewis Hamilton em segundo. Mas o próprio time sabia que teria dificuldades em manter as posições na prova, por conta dos desgastes dos pneus. E até que o time resistiu algumas voltas.
Apesar da queda brusca de posições de Lewis Hamilton, que fechou a primeira volta em quarto lugar, Rosberg ficou como líder virtual da prova até a volta 13. Depois disso, só despencou.

Enquanto isso, a Ferrari jogou todas as suas fichas na largada. Alonso saltou de quinto para terceiro lugar ao ultrapassar Lewis Hamilton e Kimi Raikkonen. Massa também entrou no embalo e ultrapassou três na primeira volta, na qual fechou em sexto.

A partir daí, as estratégias de paradas nos boxes e o desgaste dos pneus foram determinantes para o resultado. Enquanto Raikkonen adotou uma tática de três paradas, os demais pilotos do pelotão da dianteira foram aos boxes quatro vezes, caso de Alonso, Massa e Vettel.

O espanhol assumiu a liderança da corrida na volta 13, ao ultrapassar Rosberg, e dali só saiu em breves momentos, apenas quando trocou pneus. A partir da volta 13, a vantagem de Alonso na prova só aumentou, tanto é que em sua quarta parada nos boxes ele ainda voltou em primeiro, sem ser ultrapassado por ninguém.

Nas posições subsequentes, Raikkonen, Vettel e Massa se revezaram de acordo com os pit stops. Raikkonen chegou a figurar na liderança após uma parada de Alonso. Vettel, por sua vez, estava em terceiro na volta 37, ? frente do brasileiro. Mas, no fim, Vettel não conseguiu manter um bom ritmo na pista e terminou em quarto lugar. Raikkonen, por sua vez, terminou em segundo muito por conta de sua estratégia. E Massa, em uma grande corrida, levou seu primeiro troféu em 2013. Não foi uma vitória, mas Massa tem muito a comemorar.