Felipe Massa conquista o 37º pódio da carreira

Foto: Divulgação

 

Uma corrida impecável e um sincronismo perfeito entre piloto e sua equipe. Assim foi o Grande Prêmio da Itália, disputado neste domingo,  no Circuito de Monza, para o piloto Felipe Massa da Willians. Felipe ficou atrás somente dos dois pilotos da Mercedes (Lewis Hamilton e Nico Rosberg), considerada a melhor equipe da temporada.

Massa teve seu melhor desempenho após a transferência para a Williams e volta a subir ao pódio, cruzando a linha de chegada na terceira colocação assegurando seu lugar ao pódio (o 37º da carreira). A performance de Massa em Monza aconteceu no mesmo dia em que foi confirmada sua permanência na Williams para a temporada 2015.

O brasileiro fez uma bela e consistente exibição no GP da Itália para chegar em terceiro lugar e subir ao pódio, pela primeira vez em 2014, quebrando um jejum que durava um ano e quatro meses, desde o GP da Espanha, em maio de 2013. E justamente em um local especial, Monza, casa da Ferrari, equipe que defendeu durante oito anos e é considerado um ídolo dos apaixonados torcedores italianos. Na temporada Massa segue na 9ª colocação, com 55 pontos conquistados.

O brasileiro iniciou sua carreira na Fórmula 1em 2002 e completou neste domingo o seu 206º GP. Nesse tempo foram 841 pontos, 37 pódios com 11 vitórias e sua melhor temporada foi em 2008, na Ferrari, quando ficou com vice-campeão, tendo como companheiros de equipe o alemão Michael Schumacher. Sua última vitória foi exatamente em 2008 no GP do Brasil. Nessa corrida ele perdeu o título na última volta para o inglês Lewis Hamilton, que chegou em quinto e superou Massa por um ponto na contagem geral da temporada.

 

Corrida

O inglês Lewis Hamilton que venceu o GP de Fórmula 1 de Monza chegando ao sexto triunfo na temporada – o 28º da carreira. Nico Rosberg completou a dobradinha da Mercedez com o segundo lugar.

Hamilton largou na frente, perdeu a liderança na primeira volta e contou com falhas do companheiro de equipe para retomar a ponta. A última vez ele tinha vencido foi em 6 de julho, no Grande Prêmio da Inglaterra. O inglês agora tem 216 pontos no Mundial e está mais perto de Rosberg, que chegou a 238.

Além dos três pilotos que subiram ao pódio, marcaram pontos nesta corrida, na sequência de chegada: Valtteri Bottas (Williams); Daniel Ricciardo (RBR);  Sebastian Vettel (RBR); Sergio Perez (Force India); Jenson Button (McLaren); Kimi Raikkonen (Ferrari);  e  Kevin Magnussen (McLaren).